Ceará vence o Atlético-GO no Serra Dourada e mantém sonho do acesso

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A vitória em Goiânia deixa o Ceará com 50 pontos, apenas três abaixo do G4 da Série B

Na primeira partida de Gilberto Pereira após a efetivação promovida pela diretoria, o Atlético-GO se afundou ainda mais na zona de rebaixamento. O Dragão teve o apoio da torcida no Serra Dourada pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, mas viu gol contra do volante Régis e falhas defensivas darem a vitória por 3 a 1 aos alvinegros, que não venciam há quatro partidas.

Outros jogos de sexta-feira:

No Ceará: Icasa marca no fim, derrota o Boa e entra provisoriamente no G4 da Série B
Em Minas: América-MG supera ASA, põe fim a jejum e volta a sonhar com o acesso
Em Santa Catarina: Joinville esfria reação do Paysandu e mantém sonho do acesso vivo

O desespero nos jogadores rubro-negros era evidente desde os primeiros toques na bola. Apesar da pressão, os donos da casa criaram boa chance aos 12 minutos quando o meio campista Bida apareceu livre na cara de Fernando Henrique e desperdiçou. Dez minutos depois, a tensão sobre os atleticanos aumentou ainda mais.

Carlos Costa/Futura Press
Magno Alves marcou na vitória do Ceará diante do Atlético-GO

O meia Ricardinho acertou belo lançamento entre os zagueiros para Magno Alves disparar. O veterano mostrou a velha categoria para matar no peito e o tradicional faro de gol para bater no contrapé de Márcio e abrir o placar na capital goiana. No lance seguinte, o volante Pedro Bambu buscou o empate em chute forte de fora da área, mas Fernando Henrique fez ótima defesa.

Confira a classificação e os próximos jogos da Série B do Brasileirão

A partida caiu de ritmo no primeiro tempo e o técnico Gilberto Pereira pôde reorganizar o Atlético-GO nos vestiários. As orientações surtiram efeito e logo aos sete minutos a rede cearense balançou. A defesa do Vozão bateu cabeça e a bola sobrou limpa para o meia Fábio Lima chegar batendo e deixar tudo igual no confronto.

O gol animou o Dragão na busca pela virada, enquanto o Ceará parecia perdido em campo. Os alvinegros apostavam apenas em lançamentos longos e foi em um desses chutões que os nordestinos voltaram a liderar o placar. Léo Gamalho tentou ajeitar para a chegada de Diogo Orlando, Régis chegou rifando de bico e acabou encobrindo o goleiro Márcio para fazer golaço contra.

Com a volta do desespero pelos lados goianos, os cearenses passaram a trabalhar a bola com paciência até encontrar espaços para o contra-ataque. Em uma das descidas, Diogo Orlando disparou em velocidade pela direita e serviu Léo Gamalho. O centroavante recebeu sem marcação, mostrou frieza e fuzilou a meta rubro-negra após deixar os rivais no chão.

A atuação letal em Goiânia deixa o Ceará com 50 pontos, apenas três abaixo do G4. Na próxima rodada, a 34ª da competição nacional, o Vozão recebe o Sport na Arena Castelão às 17h20 (de Brasília) do dia 9 de novembro. O Atlético-GO visita o Bragantino no dia anterior, às 19h30, no Nabi Abi Chedid. Os goianos somam 35 pontos e seguem por mais uma rodada na zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 X 3 CEARÁ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 01 de novembro de 2013 (sexta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: Lincoln Ribeiro Taques (MT) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)
Cartões amarelos: Anderson Conceição e João Paulo (Atlético-GO); Xaves, Ricardinho e Thiago Humberto (Ceará)

Gols:
ATLÉTICO-GO: Fábio Lima, aos sete minutos do segundo tempo
CEARÁ: Magno Alves, aos 23 minutos do primeiro tempo; Régis (contra), aos 23, e Léo Gamalho, aos 39 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Jonh Lennon (Jorginho), Alex Moraes, Anderson Conceição e Rafael Cruz (João Paulo); Pedro Bambu, Régis, Bida e Fábio Lima; Juninho (Adriano Michael Jackson) e Ricardo de Jesus
Técnico: Gilberto Pereira

CEARÁ: Fernando Henrique, Marcos, Gustavo, Potiguar e Vicente; Xaves (Galiardo), Thiago Humberto, Ricardinho (Diogo Orlando) e Lulinha; Léo Gamalho (Diego Ivo) e Magno Alves
Técnico: Sérgio Soares

Leia tudo sobre: cearáatlético-gosérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas