Já rebaixado pelo Náutico em 2009, Derley quer que 2013 termine logo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Volante acredita que rebaixamento nesse ano é ainda mais sofrido do que em 2009, quando o time pernambucano lutou até o fim pela permanência na Série A

Gazeta
Derley, volante do Náutico

Presente no elenco que foi rebaixado para a Série B em 2009, o volante Derley acredita que o sofrimento do Náutico em 2013 é pior. Apesar de admitir que o time tentará honrar as cores da camisa alvirrubra nas últimas sete rodadas do Brasileirão, o volante admitiu o desejo de que o ano termine logo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Já vivi um momento de queda aqui (em 2009) e não era tão ruim como esse de 2013. Na época, lutamos até o fim e tentamos. Nunca passei por um momento tão delicado como esse. Falta um mês e pouco e a gente também torce para terminar logo (o ano). Mas não podemos jogar sete jogos por jogar, não é brincadeira, pelo contrário. São jogos sérios. É vencê-los para terminar bem e esquecer 2013, e que o ano que vem seja só de alegrias", declarou Derley.

Confira a classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileiro

Na opinião do jogador, a atual situação do Náutico não deriva da falta de vontade dos jogadores. A equipe está tentando fazer o melhor, mas infelizmente o momento não está ajudando. Se fosse outro momento, poderia estar melhor. Falta de tentativa não é, mas as coisas não estão acontecendo".

Lanterna da Série A, com 17 pontos, o Náutico pode ter seu rebaixamento matematicamente decretado neste fim de semana. Mesmo se vencer, o Timbu será relegado à Série B caso Fluminense e Bahia também triunfem.

Leia tudo sobre: futebolderleynauticobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas