Campeões da Copa do Brasil costumam se dar bem como visitantes na semifinal

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Na maioria dos casos ao longo das 24 edições disputadas até hoje, o time que ficou com o título passou à decisão graças ao resultado que teve fora de casa

Se depender do histórico, o torcedor do Flamengo tem motivos para ficar ainda mais animado com a possibilidade de título da Copa do Brasil após a vitória sobre o Goiás nesta quarta-feira. Disputada pela primeira vez em 1989, a competição está em sua 25ª edição. Na maior parte das 24 anteriores, o campeão construiu o resultado na semifinal atuando fora de casa.

Quem você acha que vai ser campeão da Copa do Brasil? Deixe seu palpite

Veja fotos dos jogos desta quarta-feira pela Copa do Brasil

Paulo Baier tenta aplicar um chapéu em Lucas Coelho na semi da Copa do Brasil. Foto: Heuler Andrey/Gazeta PressDellatorre fez o gol da vitória do Atlético-PR diante do Grêmio. Foto: CLEBER YAMAGUCHI/Agência Eleven/Gazeta PressPaulinho abre o placar para o Flamengo no Serra Dourada. Foto: Rafaela Felicciano/Agência Eleven/Gazeta PressRodrigo, zagueiro do Goiás. Foto: Luiz Pires/VipcommPaulinho, autor do primeiro gol do Fla, encara a marcação. Foto: Luiz Pires/Vipcomm

Nos últimos quatro anos, isso aconteceu três vezes. Em 2012, o Palmeiras venceu o Grêmio por 2 a 0 em Porto Alegre e depois confirmou a vaga com empate por 1 a 1 em casa. Os mesmos placares aconteceram em 2011, mas com ordem diferente: o Vasco ficou na igualdade com o Avaí no Rio de Janeiro antes de bater os catarinenses como visitante. Dois anos antes, o Corinthians empatou duas vezes com o Vasco, mas acabou passando de fase graças ao gol marcado como visitante. A exceção neste período foi o Santos, que em 2010 bateu o Grêmio na Vila Belmiro no segundo jogo depois de ter perdido o primeiro.

Confira tabela de jogos, artilharia e notícias da Copa do Brasil

Ao todo, 13 dos 24 campeões que a Copa do Brasil teve até hoje carimbaram o passaporte para a decisão graças ao resultado que conquistaram fora de casa na semifinal. O Goiás também pode aumentar a conta na edição deste ano, uma vez que terá de reagir no Maracanã se quiser se classificar à final.

Mas se o campeão sair do outro lado da chave, as coisas ficarão mais equilibradas. Isso porque o Atlético-PR venceu o Grêmio em casa nesta quarta-feira por 1 a 0. Se os gaúchos conseguirem reverter a situação, terão chegado à final graças ao desempenho como mandante. 

O que cada time precisa

A vitória por 2 a 1 no Serra Dourada deixa o Flamengo a um empate da classificação à decisão. Como balançou as redes duas vezes na casa do adversário, não perde a vaga se sofrer até um gol no Maracanã. Uma derrota por 1 a 0, por exemplo, ainda serviria. Portanto, o Goiás precisa fazer pelo menos dois gols. Neste caso, se não levar nenhum, avança. Se sofrer um, leva a definição para os pênaltis. 

Já o Grêmio precisa ganhar do Atlético-PR por dois gols de diferença. Se ganhar por apenas um, será eliminado. A não ser que vença pelo placar de 1 a 0. A definição do finalista neste confronto aconteceria nos pênaltis neste caso. 

Leia tudo sobre: Copa do BrasilFlamengo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas