Tamanho do texto

Leandro Bonfim é acusado de evasão de divisas totalizando mais de R$ 1 milhão, e a Justiça Federal da Bahia recebeu a denúncia feita pelo Ministério Público

Leandro Bonfim nos tempos em que defendia o Vasco: alvo da Justiça por evasão de divisas
Divulgação
Leandro Bonfim nos tempos em que defendia o Vasco: alvo da Justiça por evasão de divisas

O meia Leandro Bonfim, que começou no Vitória e defendeu Cruzeiro , São Paulo , Vasco e Fluminense , entre outros clubes, é acusado de evasão de divisas num total de US$ 490 mil (R$ 1,07 milhão). A denúncia feita pelo MPF (Ministério Público Federal) contra o atleta e a empresária Selenide da Silva foi recebida pela 2ª Vara da Justiça Federal da Bahia

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

De acordo com o MPF, os dois usaram doleiros para tirar dinheiro do Brasil sem comunicar o Banco Central e as autoridades fiscais. A empresa Beacon Hill Service Corporation e o banco MTB Hudson teriam sido usados para realizar as transações.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Bonfim trocou o Vitória pelo PSV Eindhoven, da Holanda, em 2001, quando teria começado o esquema. “Não há dúvida de que ambos dolosamente mantinham no exterior depósitos não declarados às autoridades competentes, em montante claramente superior ao estipulado pelo Banco Central do Brasil”, diz André Batista Neves, procurador da República responsável pelo caso.

A pena prevista é de reclusão de dois a seis anos e multa, podendo ser aumentada de um sexto a dois terços porque o denunciado cometeu o crime repetidas vezes.

Relembre outros atletas que tiveram problema com a Justiça:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.