STJD decide denunciar América-RN e Ceará por briga entre torcidas

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Houve troca de tiros nos arredores do estádio Nazarenão, em Goianinha, e confusão no intervalo da partida

Após o confronto entre jogadores do América-RN e do Ceará, em partida válida pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o procurador geral do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Paulo Schmitt, pediu as imagens da briga e decidiu denunciar os clubes. O árbitro Guilherme Ceretta de Lima não relatou o incidente na súmula do jogo.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

O procurador destacou que o ocorrido foi muito grave, por isso, espera que os times sejam punidos ou até fiquem um tempo jogando com portões fechados. A ação foi tomada como uma medida de precaução para que confusões como essa não aconteçam mais.

Confira a tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

Antes do início da partida, os torcedores entraram em confronto nos arredores do estádio Nazarenão, em Goianinha. A polícia militar precisou intervir e o saldo foi lamentável: torcedores do América-RN foram baleados da perna e um foi atingido de raspão no bolso da calça. Todos foram socorridos e nenhum deles corre risco de vida.

No intervalo do jogo, o confrontou voltou a ocorrer. Os torcedores se entranharam na arquibancada e uma nova briga foi iniciada. A polícia foi obrigada a agir novamente, com bombas de efeito moral arremessadas em direção à confusão.

Leia tudo sobre: América-RNCearáSérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas