Paysandu consegue adiar julgamento no STJD sobre confusão envolvendo torcida

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Clube enviará representante ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira com o objetivo de pegar uma punição leve. Incidente aconteceu na partida contra o Avaí

Denunciado por incidentes na partida contra o Avaí, o Paysandu conseguiu adiar o julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O departamento jurídico do conseguiu a retirada do processo da pauta, que aconteceria nesta quarta-feira. Uma nova data ainda será marcada.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

O Paysandu pode ser punido com multa de R$ 100 e R$ 100 mil e mais perda do mando de campo que pode chegar até dez partidas. Na ocasião, o árbitro Grazianni Maciel Rocha relatou na súmula que o jogo foi encerrado "por falta de segurança e garantia da integridade física dos demais envolvidos na partida".

Confira a tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

Nesta quarta-feira, o diretori jurídico Alberto Maia viaga para o Rio de Janeiro, onde apresentará a defesa e provas do clube. Para fugir da punição, o clube precisaria identificar os torcedores que se envolveram em confusão no duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato da Série B.

O estádio da Curuzú já foi suspenso pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por 30 dias e o Paysandu tem mandado seus jogos no Mangueirão, também em Belém.

Leia tudo sobre: paysandusérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas