Apresentado, Adilson Batista diz que conversa e trabalho farão o Vasco reagir

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico chegou para substituir Dorival Júnior e tem a missão de tirar a equipe da zona de rebaixamento do Brasileirão. Ele estreia diante do Coritiba, sábado, em Macaé

Divulgação
Adilson Batista é apresentado pelo Vasco

Após anunciar na noite de terça-feira a demissão do técnico Dorival Júnior e a contratação de Adilson Batista, o Vasco já apresentou o novo comandante na tarde desta segunda-feira. O contrato do treinador vai até o fim deste ano e a estreia será na partida de sábado, às 19h30 (de Brasília), contra o Coritiba, no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé. O comandante demonstrou confiança na recuperação da equipe no Brasileirão. 

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"Quero agradecer pelo convite. Sei da grandeza do clube, infelizmente o momento é dificil, mas acredito no trabalho, com o apoio de todos, do torcedor, que e fanático, tenho certeza de que o Vasco vai conseguir seu objetivo e vai permanecer. Estou muito feliz por estar num grande clube", comentou o treinador.

Confira a tabela de classificação do Brasileirão

O novo comandante ainda destacou que acredita no potencial da equipe e não pretende realizar muitas mudanças no fim do campeonato. "São sete decisões, não dá para ficar fazendo experiência, porque o preço lá na frente é alto depois. Então é confiança que teremos que passar nesse momento. Precisamos reagir, ter responsabilidade, consciência e entrar focado. Essas coisas a gente cobra. Como comandante, você precisa passar para eles essa organização".

Adilson não realiza trabalho consistente desde que deixou o comando do Cruzeiro, em junho de 2010. Com 45 anos, o profissional acumulou passagens por diversos clubes brasileiros e já passou por situação similar a do Vasco neste momento.

"Acho que todo o dia você está aprendendo e crescendo, enfrentando dificuldades da profissão. Já vivenciei esse tipo de situação com Grêmio, Paysandu e Figueirense e consegui o objetivo. Sei da responsabilidade do momento atual e da grandeza do clube, mas é com trabalho e conversa que iremos conseguir", destacou.

O presidente do clube, Roberto Dinamite, garantiu todo o apoio para o novo técnico superar o grande desafio. "O objetivo é sair dessa fase ruim e sair desse momento que é estar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Adilson vai ter todo o apoio, não só da arte técnica, mas de todos os profissionais que estão incluídos nesse processo. Para que ele tenha tranquilidade de levar a equipe e nossos atletas aos resultados que a torcida e nós queremos".

No sábado, às 19h30 (de Brasília), Adilson Batista estreia à frente da equipe diante do Coritiba. O treinador afirmou que irá trabalhar durante o resto da semana para conseguir a vitória diante do time paranaense.

"Jogo é jogo. A primeira decisão é no próximo sábado, em Macaé. Jogo difícil contra o Coritiba, adversário que também estava em situação incômoda. Precisamos a partir de amanhã trabalhar já. Vamos vivenciar jogo a jogo e focar no de sábado", disse.

Em má fase no Campeonato Brasileiro desta temporada, o Vasco não vence há quatro partidas (três derrotas e um empate) e ocupa a 18ª colocação na tabela de classificação, com 33 pontos. O Fluminense, com 36 pontos, é o primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Leia tudo sobre: vascoAdilson BatistaBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas