Fernandinho credita atuação discreta por necessidade de ajudar na marcação

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Na avaliação do atacante a atuação do Atlético-MG contra Botafogo foi abaixo do esperado, mas para o atleta a tendência é a equipe evoluir e terminar o Brasileiro em alto nível

Os atacantes Luan e Fernandinho não conseguiram repetir contra o Botafogo o mesmo desempenho de jogos anteriores, situação justificada por Fernandinho devido a necessidade de ajudar na marcação. Segundo ele, o técnico Cuca pediu que tanto ele quanto Luan ajudassem a impedir os avanços dos laterais do time carioca.

Botafogo junta os cacos para superar o Atlético-MG e manter vantagem no G4

“Não só eu como também o Luan, jogadores que jogam pelas pontas, tivemos dificuldades porque tivemos que marcar bastante os laterais deles que subiram muito, tanto o Edilson como o Júlio César e o Marcelo Mattos faz o terceiro dando liberdade para eles subirem. Isso dificultou muito”, disse.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Na avaliação de Fernandinho a atuação do time do Atlético-MG contra o Botafogo foi abaixo do esperado, mas para o atleta a tendência é a equipe evoluir e terminar o Brasileiro em alto nível para chegar ao Mundial de Clubes, em dezembro. O jogador pontua que além da parte técnica o Galo tem se preparado psicologicamente para ir ao Marrocos.

“Se esse jogo não foi bom, os próximos jogos serão diferentes. A equipe quer chegar ao mundial a todo vapor. Temos que chegar bem fisicamente e principalmente psicologicamente. Vamos encontrar dificuldades maiores no Mundial. Mas a equipe está se preparando bem. Não é uma derrota como essa (contra o Botafogo) que vai nos deixar cair”, declarou.

Leia tudo sobre: Atlético-MGFernandinhoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas