Coritiba marca dois gols relâmpagos, atropela o Grêmio e se afasta da degola

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A vitória alviverde começou a ser construída ainda aos 15 segundos de partida. O placar final foi 4 a 0 para a equipe paranaense

A fase mudou e o Coritiba confirmou sua reação no Campeonato Brasileiro ao disparar uma goleada de 4 a 0 para cima do Grêmio, no Estádio Couto Pereira. Com o resultado, o alviverde chega aos 40 pontos, na 13ª colocação, deixando cada vez mais para trás o fantasma do rebaixamento. Já o time gaúcho segue no G4, com 53 pontos.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

O Coxa precisou de apenas 15 segundos para abrir o placar, contando com a ajuda de Pará, que desviou cruzamento de Gil para dentro do próprio patrimônio. Aos quatro minutos, Alex limpou o lance e chutou para vencer Dida e fazer o segundo. Robinho, aos 35 minutos apareceu no meio da defesa para fazer o terceiro. Depois do intervalo, Geraldo, de bico, aos 13 minutos fez o quarto.

Na próxima rodada, o Coritiba terá pela frente o Vasco da Gama, sábado, no Estádio Cláudio Moacyr, em Macae. Já o Grêmio encara o Bahia, domingo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS
Robinho comemora seu gol pelo Coritiba contra o Grêmio

O jogo
O árbitro apitou o início da partida e já no primeiro ataque o Alviverde abriu o placar com um gol relâmpago e ajuda do lateral Pará, que desviou cruzamento de Gil para dentro das próprias redes. Embalado pela festa do torcedor, o Coritiba mostrava muita vontade em campo e, aos quatro minutos, Alex recebeu passe açucarado e chutou para balançar as redes e fazer o segundo.

O Tricolor só acordou para o jogo aos 10 minutos, com Barcos, que arriscou chute para defesa de Vanderlei. A resposta veio com Júlio César, com uma pancada que Dida defendeu em dois tempos. Após o início em alta velocidade, o Coxa passou a cadenciar mais o jogo. Aos 19 minutos, Júlio César chegou à ponta esquerda e cruzou para boa saída de Dida.

Pará quase se redimiu aos 24 minutos, em cobrança de falta na medida para Barcos, que testou para fora, com perigo para a meta alviverde. Aos 30 minutos, boa jogada do ataque gremista, mas Barcos e Kléber se enrolaram, desperdiçando a chance. Mas a noite era coxa-branca e, aos 35 minutos, Júlio César encontrou Robinho entrando pelo meio da defesa gaúcha e tocou para o meia, de cara com Dida, tocar para o fundo das redes.

Para a etapa final, nenhuma alteração nas equipes. Aos dois minutos, cobrança de falta para Alex, que bateu rasteiro, direto pela linha de fundo. Na resposta, Pará lançou na área e Bressan quase consegue o desvio, mas a bola subiu demais. Aos nove minutos, Kléber girou o corpo e arriscou o chute direto pela linha de fundo.

O ritmo da partida voltou a cair, até que, aos 13 minutos, Júlio César fez linda jogada individual e serviu Geraldo, que da entrada da grande área chutou de bico para fazer o quarto. Para piorar sua atuação na partida, Pará fez falta violenta em Geraldo, aos 21 minutos e recebeu cartão vermelho. Aos 25 minutos, Elano cobrou fala e a bola passou raspando o travessão.

Após quase dois meses afastado por lesão, Deivid entrou no jogo aos 27 minutos no lugar de Júlio César. Aos 33 minutos, Alex tentou encontrar o atacante no meio da defesa gremista, mas Deivid não acompanhou. Em uma rara chegada do Tricolor, aos 40 minutos, Elano testou na área e Vanderlei defendeu com segurança. Aos 43 minutos, Elano cobrou falta e carimbou a barreira.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 4 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 27 de outubro de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Cartão vermelho: Pará (Grêmio)

Gols: CORITIBA: Pará (contra), a 15 segundos, Alex, aos 4 minutos e Robinho, aos 35 minutos do primeiro tempo; Geraldo, aos 13 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Gil (Victor Ferraz), Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Júnior Urso e Willian, Robinho e Alex (Keirrison); Geraldo e Julio César (Deivid)
Técnico: Péricles Chamusca

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Matheus Biteco (Elano) e Riveros; Vargas (Saimon), Barcos (Moisés) e Kleber
Técnico: Renato Gaúcho

Leia tudo sobre: CoritibaGrêmioBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas