Com um a menos, Vitória vira o jogo no Maracanã e complica vida do Fluminense

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe baiana teve Kadu expulso logo aos 16 minutos do primeiro tempo, mas teve forças para vencer dentro do Rio de Janeiro por 3 a 2

O Fluminense completou neste domingo seu sétimo jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro. Mais do que isso, deverá mergulhar em uma crise após a derrota de 3 a 2 para o Vitória, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), que o deixou estacionado nos 36 pontos, em 16º lugar, muito próximo da zona de rebaixamento.

O fato foi agravado porque os baianos atuaram desde os 16 minutos do primeiro tempo com um homem a menos, já que o zagueiro Kadu foi expulso. Mesmo assim os rubro-negros construíram o triunfo com gols de Marquinhos, Juan e William Henrique e pularam para 47 pontos, na sexta posição e sonhando com uma vaga na Copa Libertadores. Ayrton, contra, e Rafael Sobis descontaram.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

O Fluminense começou a partida dando a impressão de que não deixaria o Vitória respirar. Logo no primeiro minuto Rafael Sobis chutou com perigo, de fora da área, sobre o gol. Dois minutos depois foi a vez de Edinho escorar para fora, após cobrança de escanteio, e assustar o goleiro Wilson.

Quando o Vitória conseguiu equilibrar as ações, contendo um pouco o ímpeto dos cariocas, Kadu deu uma entrada violenta em Diguinho, com as travas da chuteira tirando sangue na perna do volante tricolor. O árbitro Fabrício Neves Correa decidiu aplicar o cartão vermelho como punição e os baianos ficaram com um homem a menos em campo.

Dhavid Normando/Futura Press
Zagueiro Gum, do Fluminense, disputa a bola com Renato Cajá, do Vitória

Porém, mesmo com um homem a menos em campo, o Vitória conseguiu abrir o marcador aos 24 minutos, em uma falha do sistema defensivo do Fluminense. Após chutão para o ataque, Dinei cabeceou e Marquinhos ganhou na corrida da zaga, chutando na saída de Diego Cavalieri. Mas não deu nem muito tempo para comemorar, pois três minutos depois os cariocas empataram. Biro-Biro fez boa jogada individual pela direita, cruzou e Ayrton, ao tentar cortar, acabou marcando contra.

Na reta final do primeiro tempo o que se viu foi a pressão do Fluminense. Aos 38 minutos Rafael Sobis recebeu na área e chutou para boa defesa de Wilson. Já aos 44 foi a vez de Jean cobrar falta sobre o gol.

No retorno do segundo tempo o técnico Vanderlei Luxemburgo colocou o meia Felipe em campo, na vaga de Gum. Com isso Edinho foi recuado para a zaga e o Fluminense ficou mais ousado. A medida quase surtiu efeito aos sete minutos, quando Marcos Júnior recebeu na área e chutou na rede pelo lado de fora. O Vitória respondeu aos 11, em cobrança de falta de Ayrton, que fez a bola passar à direita de Cavalieri.

A mudança de postura do Fluminense foi recompensada aos 13 minutos, quando o Tricolor conseguiu a virada. Felipe enfiou a bola para Biro- Biro na área, o atacante cruzou rasteiro e Rafael Sobis escorou para o fundo da rede.

Quando a coisa parecia que ia começar a dar certo deu uma pane no sistema do Fluminense e o Vitória conseguiu dois gols em dois minutos. Aos 18, Marquinhos chutou de fora da área, Cavalieri deu rebote e Juan cabeceou para o fundo da rede. No minuto seguinte Juan cruzou da esquerda, Marquinhos chutou, a bola bateu na zaga e sobrou para William Henrique rolar para o gol.

Depois do gol o Vitória recuou e o Fluminense continuou pressionando, mas sem muito sucesso, pois estava bem desorganizado em campo. Aos 25 minutos Biro-Biro chutou e o goleiro defendeu. Já aos 39 foi a vez de Jean chutar de fora da área à direita de Wilson.

Aos quarenta minutos o Vitória perdeu um gol incrível. William Henrique penetrou na área, driblou Cavalieri, mas chutou no travessão. Na sobra, Marquinhos, sem goleiro, fez o mais difícil e isolou a bola. A resposta do Fluminense veio aos 44, em chute de Biro-Biro que o goleiro salvou, garantindo o resultado.

As duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo. O Fluminense faz clássico carioca com o Flamengo, às 19h30(de Brasília), no Maracanã. Um pouco mais cedo, às 17h (de Brasília), o Vitória recebe o Corinthians no Estádio Barradão, em Salvador (BA).


FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-RJ 2 X 3 VITÓRIA-BA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27 de outubro de 2013 (Domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Flavio Gomes Barroca (RN)
Cartões amarelos: Gum, Rafinha e Leandro Euzébio (Fluminense) e Victor Ramos (Vitória)
Cartões vermelhos: Kadu (Vitória)

Gols
FLUMINENSE: Ayrton, contra, aos 27 minutos do 1º Tempo e Rafael Sobis aos 13 minutos do 2º Tempo
VITÓRIA: Marquinhos aos 24 minutos do 1º Tempo e Juan aos 18 e William Henrique aos 19 minutos do 2º Tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum (Felipe), Leandro Euzébio e Igor Julião (Ronan); Edinho, Diguinho (Marcos Júnior), Jean e Rafinha; Biro Biro e Rafael Sobis
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VITÓRIA: Wilson, Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel (Luís Gustavo), Cáceres, Escudero e Renato Cajá (William Henrique); Marquinhos e Dinei (Euler)
Técnico: Ney Franco

Leia tudo sobre: fluminensevitóriabrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas