Paraná perde para o Joinville e se complica na luta pelo acesso

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com derrota por 1 a 0, equipe paranaense caiu para a sexta colocação da Série B

O Paraná Clube se complicou na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro e perdeu confronto direto diante do Joinville, por 1 a 0, na Arena Joinville, perdendo seu lugar no G4. Com o resultado, o Tricolor da Vila caiu para a sexta colocação, com 50 pontos, um à frente dos catarinenses.

O JEC abriu o placar aos 10 minutos, com Edu, que aproveitou liberdade na área para desviar de cabeça e balançar as redes. Os visitantes tentam pressionar e tiveram maior volume de jogo, mas não conseguiram buscar o empate.

Na próxima rodada, o Joinville volta a campo na sexta-feira, quando recebe o Paysandu, novamente na Arena. Já o Paraná Clube terá pela frente, no sábado, o Palmeiras, na Vila Capanema, em Curitiba.

O jogo

A partida começou com muito estudo, equilibrada, com as equipes apostando nos contra-ataques. Aos oito minutos, Kayke arriscou o chute de longe, uma bomba cruzada, que Ivan defendeu em dois tempos. Porém, a resposta foi fatal. Aos 10 minutos, Edu subiu com liberdade e testou firme para balançar as redes e abrir o placar para o JEC.

De bola parada, o Tricolor paranaense tentou descontar, com Lúcio Flávio, que aos 13 minutos cobrou falta da entrada da área, mas acertou a barreira, que afastou o perigo. Aos 17 minutos, Kayke recebeu ótimo lançamento de Lúcio Flávio e, na cara do gol, arrematou nas mãos de Ivan.

O Paraná chegou a marcar aos 27 minutos, com Reinaldo, que teve a comemoração interrompida pela arbitragem que alegou que a bola passou por fora do gramado em cruzamento de Kayke. Aos 30 minutos, Luisinho chutou colocado e Ivan foi buscar para salvar. Os visitantes tentavam buscar o empate, mas encontravam uma forte marcação. Aos 42 minutos, Lúcio Flávio girou o corpo e bateu para fora.Depois do intervalo, nenhuma modificação nos dois times. Logo no primeiro minuto, JJ Morales arriscou de fora da área e assustou Ivan. Com dores no ombro, Luisinho obrigou Dado Cavalcanti a queimar uma alteração aos dois minutos com a entrada de Carlinhos. Aos quatro minutos, Kayke partiu em velocidade mas foi fominha, chutando de longe, sem direção.

Em jogada individual, aos 10 minutos, Edigar Junior encontrou Wellington Bruno, que deixou a defesa paranista para trás e bateu cruzado, pela linha de fundo. O resultado era terrível para o Paraná, que precisava buscar pelo menos um empate. Aos 15 minutos, Edson Sitta, sem opções, chutou de fora da área, Ivan se complicou, mas na sequência realizou a defesa. Aos 22 minutos, JJ Morales recebeu na cara do gol, mas o árbitro marcou impedimento.

Os jogadores do Tricolor paranaense mostravam certa ansiedade, o que atrapalhava na conclusão das jogadas. Aos 34 minutos, novo lançamento em profundidade para Morales, mas desta vez Ivan deixou a meta para interceptar. Aos 41 minutos, Ronaldo invadiu a área, passou pelo goleiro Luís Carlos, mas o árbitro parou tudo para marcar impedimento. O JEC conseguiu administrar o resultado e voltou para a briga pelo G4.

Leia tudo sobre: serie bparanajoinville

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas