Kleina não vê demérito em Palmeiras comemorar retorno à elite nacional

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe enfrenta o São Caetano na tarde deste sábado e já pode assegurar o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro

Divulgação/Palmeiras
Gilson Kleina, técnico do Palmeiras

O técnico Gilson Kleina está ansioso com a possibilidade de alcançar o principal objetivo da temporada. Perto de garantir o retorno do Palmeiras à elite do futebol nacional, o treinador não considera um demérito festejar assim que o time acumular os números necessários para obter a vaga na Série A do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras volta à elite com jogo diante do São Caetano? Comente com outros leitores

"Se sempre falamos que o Palmeiras entra para ganhar em toda competição, nós queremos vencer e consolidar o acesso. Temos de desfrutar pelo trabalho desenvolvido, que foi com sacrifício. Toda pessoa que define um objetivo tem de comemorar quando alcança. Ninguém aqui quer demérito algum, claro que não é da grandeza do Palmeiras jogar a Série B, mas a realidade é que estamos neste campeonato e sendo competentes", afirmou.

Leia mais: Em clima de festa, Palmeiras enfrenta São Caetano para confirmar acesso

O Verdão aparece na liderança isolada da segunda divisão, com 68 pontos. Para assegurar matematicamente o retorno à elite, o clube precisa apenas de um empate contra o São Caetano, na tarde deste sábado, no estádio do Pacaembu.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

Com um discurso cauteloso, para não dar uma motivação a mais ao adversário, Kleina explica que ainda não planejou algo especial para comemorar o acesso, mas tem ideia do que pode fazer caso conquiste o resultado necessário contra o time do ABC paulista.

"Não programei nada, vou deixar as coisas acontecerem, porque estamos focados neste jogo. Mas não vou ser demagogo e dizer que não tomo uma cervejinha, um vinho. Claro que quero comemorar com minha família, porque é meu alicerce, meu pilar. Além disso, quero voltar ao vestiário e ver os sorrisos dos jogadores e da diretoria", completou.

Leia tudo sobre: palmeirasgilson kleinasérie bigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas