Jogador de seleção para Tite, Renato Augusto é a nova esperança corintiana

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador retornou no último final de semana, após mais de dois meses afastado por uma lesão no joelho direito, contra o Criciúma e deve ser titular no clássico contra o Santos

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Renato Augusto é arma do Corinthians para encarar o Santos no clássico deste domingo

Não fossem os problemas físicos que o acompanham, Renato Augusto seria titular do Corinthians. Segundo Tite, ele estaria também na seleção brasileira se a equipe verde e amarela fosse dirigida pelo gaúcho dirigida. Por isso, a volta do camisa 8 é a esperança na tentativa de recuperação do time do Parque São Jorge no Campeonato Brasileiro.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

O atleta de 25 anos retornou no último final de semana, após mais de dois meses afastado por uma lesão no joelho direito, e teve atuação razoável contra o Criciúma. Como ainda demonstrou limitações na partida, não entrou contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, mas agora tem em si depositadas as fichas do comandante.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Após o treino da última sexta-feira, no qual botou Renato entre os titulares, Tite conversou com ele. Uma precaução para saber como está se sentindo o jogador, que já foi avisado: não havendo imprevistos, será titular no clássico contra o Santos, marcado para domingo, em Araraquara.

Leia mais: Corinthians busca ao menos 17 pontos para sonhar com Libertadores

"Coloquei que, estando bem, ele não só iniciaria como, sendo eu o técnico da seleção, ele seria convocado. Ninguém é maluco de deixar fora alguém com essa qualidade. Gostei do treinamento. É uma real possibilidade, nem que não seja o tempo inteiro", comentou o gaúcho.

E ainda: Tite esboça Renato Augusto, Pato e Ibson como titulares contra Santos

Na atividade de sexta, Renato Augusto foi escalado como centroavante, com Alexandre Pato mais recuado. Trata-se de mais uma tentativa de ajustar o time sem Paolo Guerrero, que passou por cirurgia no pé esquerdo nesta semana. Mais avançado, Renato também tem menos obrigação defensiva e menos desgaste físico.

Leia tudo sobre: Renato AugustoTiteCorinthiansGE net

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas