Em 20º duelo com 'rival' Ronaldo, Messi pode virar maior artilheiro de clássico

Por Thiago Rocha - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

De volta ao time titular do Barcelona após lesão, argentino tenta se isolar como goleador máximo em duelos com o Real Madrid de Cristiano Ronaldo

Luca Bruno/AP
Messi já marcou 18 gols no rival Real Madrid

O duelo entre Barcelona e Real Madrid sempre gera expectativa pela rivalidade de 111 anos e pelos craques que enfileiram em campo. O embate de número 225 em jogos oficiais - são 256 contando amistosos -, neste sábado, às 14h (de Brasília), no Camp Nou, pela décima rodada do Campeonato Espanhol, ganha um atrativo a mais por conta de Lionel Messi. Recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, o atacante argentino tem a chance de se isolar como o maior artilheiro da história do El Clásico.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Espanhol

Com a camisa 10 do Barça, Messi já fez 18 gols no clássico e está empatado no topo da lista dos artilheiros com um dos maiores ídolos do Real: Alfredo Di Stéfano. Ele deixou sua marca nos últimos dois encontros válidos pelo Campeonato Espanhol (em 7/10/2012, empate em 2 a 2, e 2/3/2013, vitória do time de Madrid por 2 a 1). 

Neymar e Messi entraram em campo em jogo do Barcelona com seus filhos. Foto: David Ramos/Getty ImagesMessi chega a tribunal em Gava, próximo a Barcelona. Ele foi acusado de evasão fiscal. Foto: Emilio Morenatti/APNeymar deu passe para gol de Messi, o segundo do Barcelona contra o Sevilla. Foto: ReutesPapa Francisco encontra Messi e Buffon antes de amistoso entre Argentina e Itália. Foto: L'Osservatore Romano/APMessi e Neymar conversam antes de jogo do Barcelona. Foto: APMessi tem tatuado na panturrilha as mãos e o nome de seu filho. Foto: David Ramos/Getty ImagesMessi com o primo Maxi Biancucchi, atacante do Vitória, no fim de 2012. Foto: Twitter/ReproduçãoO Barcelona de Messi faturou a Liga dos Campeões em cima do Manchester United em 2009. Foto: Getty ImagesDaniel Alves com Messi, Pelé e Neymar na festa dos melhores do ano da Fifa, em 2012. Foto: Scott Heavey/Getty ImagesEm 2010, a Inter de Milão de Lúcio passou pelo Barcelona de Messi. Foto: APMessi passou mal durante partida contra a Bolívia em La Paz. Foto: Juan Karita/APMessi tenta bicicleta em partida contra o Getafe, no Camp Nou. Foto: Getty ImagesMessi e Cristiano Ronaldo durante clássico entre Barcelona e Real Madrid. Foto: Getty ImagesO argentino Lionel Messi conquistou a Bola de Ouro da Fifa pela quarta vez consecutiva. Foto: ReutersMessi e Neymar se encontraram em dezembro de 2011, na final do Mundial. Foto: APAo lado de Eto'o, parceria vencedora com a camisa do Barcelona. Foto: Getty ImagesRobinho fez parceria com Messi em jogo beneficente. Foto: AFPEm férias na Argentina, Messi se encontra com Deco, ex-colega no Barcelona. Foto: Reprodução

Acostumado a acumular marcas históricas na carreira, Messi é o mais premiado com o troféu de melhor do mundo (quatro vezes), se tornou o mais jovem a chegar a 200 gols no Campeonato Espanhol, com 25 anos, e em 2012 quebrou o recorde mundial de gols anotados durante um ano, com 91, entre outros feitos.

Outro aperitivo para o clássico deste sábado é o embate entre os "rivais" Messi e Cristiano Ronaldo. Eles vão se enfrentam pela 20ª vez pelos clubes espanhois, com retrospecto favorável ao argentino, que venceu oito, com cinco triunfos para o português do Real Madrid, além de seis empates. Nesta temporada, ambos estão empatados em gols no Campeonato Espanhol, com oito, dois a mais do que o brasileiro Diego Costa, do Atlético de Madrid, que lidera a lista com dez.

Neymar estreia em clássicos pelo Barça para melhorar retrospecto ante rivais

Ronaldo, com 12 gols na história do clássico, também detém um recorde: seis jogos consecutivos balançando a rede, entre 2011 e 2013.

Quem também pode atingir marca expressiva na partida é o meia Xavi Hernandéz. Se atuar no Camp Nou neste sábado, o jogador do Barcelona se tornará o terceiro jogador com mais participações no clássico espanhol, com 38 partidas.



Leia tudo sobre: messicristiano ronaldobarcelonareal madridespanhafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas