Botafogo se recupera de eliminação e vence o Atlético-MG

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com vitória por 1 a 0, cariocas chegaram a 53 pontos e igualaram a pontuação do Grêmio, vice-líder, seguindo firme na luta para seguir no G4

Com um gol de Julio Cesar, o Botafogo derrotou por 1 a 0 o Atlético-MG, neste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os cariocas chegaram a 53 pontos e igualaram a pontuação do Grêmio, vice-líder, seguindo firme na luta para seguir no G4. Assim, a equipe de General Severiano não deixou a ressaca da eliminação da Copa do Brasil atrapalhar a campanha na Série A. Já o Atlético-MG segue com 46 pontos e se preparando para o Mundial de Clubes.

O primeiro tempo até começou movimentado, mas caiu de rendimento com o passar do tempo. No entanto, na etapa final, o Botafogo veio com mais vontade e chegou a vitória com gol de Julio Cesar, em boa jogada pela esquerda.

Na próxima rodada, o Botafogo terá confronto direto por uma vaga no G4 contra o Goiás, no próximo domingo, no Serra Dourada. Já o Atlético-MG volta a campo no sábado, contra o Náutico, no Independência.

Gazeta Press
Botafogo venceu por 1 a 0 o Atlético-MG no Maracanã

O jogo

A partida começou movimentada, com as duas equipes buscando o ataque. Tanto que logo com quatro minutos, o Botafogo criou a primeira chance de marcar. Em contra-ataque rápido, a bola chegou a Seedorf, que acertou belo chute, mas para fora. Dois minutos depois, foi a vez de Alex receber na área e finalizar a esquerda de Victor. O Atlético-MG também chegava próximo a área adversária, mas parava na defesa carioca.

Depois do início corrido, o confronto caiu de rendimento. O Botafogo errava muito no setor ofensivo e permitia os contra-ataques do Atlético-MG. No entanto, os visitantes também não aproveitavam as oportunidades e pouco incomodavam o goleiro Jéfferson. Somente aos 36 minutos, nos donos da casa conseguiram chegar próximo ao gol. Em cobrança de falta, Edílson quase acertou o ângulo de Victor.

Na parte final, os cariocas melhoraram e esboçaram uma pressão. Tanto que quase abriram o placar após falta cobrada na área que Bolívar escorou, mas viu Leonardo Silva salvar os visitantes antes da chegada de Gegê. Assim, o duelo foi empatado para o intervalo no Maracanã.

Na etapa final, o Botafogo veio mais empenhado e não demorou para fazer o gol. Aos seis minutos, Julio Cesar tabelou com Gabriel e recebeu em frente para Victor. O lateral esquerdo viu o goleiro atleticano defender sua primeira finalização, mas o rebote ficou no seu pé e ele só teve o trabalho de tocar para a rede.

Somente após o revés, o Atlético-MG conseguiu avançar com mais perigo. Os visitantes tiveram chance de empatar aos 12 minutos, em chute de Diego Tardelli, que passou próximo do gol de Jéfferson. A resposta do Botafogo veio sete minutos depois, em boa troca de passes, que culminou em finalização de Julio Cesar. A bola passou a esquerda do gol de Victor.

Depois disso, o duelo voltou a ficar movimentado. Os mineiros buscavam o empate e obrigaram Jéfferson a grande defesa aos 28 minutos. Após cobrança de falta na área, Jô cabeceou, mas parou no goleiro carioca. O lance animou os visitantes, que chegaram com perigo em seguida, em chute cruzado de Fernandinho, que saiu pela linha de fundo, próximo a trave.

Nos minutos finais, o Atlético-MG buscou o empate de todas as formas, mas parou na marcação do Botafogo, que não conseguiu concretizar os contra-ataques que teve. Mesmo assim, a torcida presente no Maracanã saiu feliz com o apito final do árbitro e a vitória dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA -  BOTAFOGO 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26 de outubro de 2013, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Público: 6.472 pagantes
Renda: R$ 176.180,00
Cartões amarelos: Dória (Botafogo); Emerson (Atlético-MG)
Gol: BOTAFOGO: Julio Cesar , aos 6 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jéfferson, Edilson, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Gegê (Octávio), Seedorf (Lodeiro) e Rafael Marques; Alex (Sassá)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Emerson, Leonardo Silva e Júnior César (Neto Berola); Pierre, Josué (Leandro Donizete), Luan (Guilherme) e Tardelli; Fernandinho e Jô
Técnico: Cuca

Leia tudo sobre: BotafogoAtlético-MGbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas