Tamanho do texto

Segundo Bolívar, não se abater pela eliminação na Copa do Brasil será essencial para obter vaga na Libertadores do ano que vem

Bolívar, zagueiro do Botafogo
Vitor Silva/SSPress
Bolívar, zagueiro do Botafogo

Com 50 pontos, o Botafogo ocupa a quarta colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e está perto de conquistar uma vaga na Libertadores da próxima temporada. Nesta quarta-feira, no entanto, sofreu um duro golpe pela Copa do Brasil, no qual foi eliminado com uma goleada por 4 a 0, sofrida diante do rival Flamengo.

Comente esta notícia com outros torcedores

O resultado poderia abater o elenco alvinegro, mas o zagueiro Bolívar garante que o torcedor não vai acompanhar um time desanimado em campo nas próximas rodadas. Nesta sexta-feira, o Botafogo realizou um treino mais descontraído, na tentativa de recuperar o bom astral para o duelo diante do Atlético-MG neste final de semana.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Ninguém desaprendeu a jogar futebol. Sabemos do nível do Brasileiro, vamos enfrentar o atual campeão da Libertadores quase completo. O que nos dá o crédito de saber que vamos brigar até o final é estar há tanto tempo no G4. Não dependemos de ninguém ou de resultados paralelos. Uma vitória nos colocará na vice-liderança", projetou o zagueiro Bolívar.

Para o defensor, o pensamento do grupo tem que ser otimista, já que o Botafogo depende apenas de si para chegar à competição continental na próxima temporada. Além disso, com uma vitória no sábado, tem a chance de voltar á segunda colocação. Sendo assim, Bolívar não vê espaço para lamentar resultados que já passaram.

"Temos que saber que, na vida, dentro da profissão, você ganha e perde. Tem situações difíceis de ser eliminado, mas já podemos chegar à segunda posição sábado. Não tempo para lamentação. Esse tem que ser o objetivo e o pensamento daqui para a frente", concluiu Bolívar, que volta a campo neste sábado, diante do Atlético-MG, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã.


* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.