Vargas é absolvido e está liberado para enfrentar o Coritiba

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante gremista foi julgado por conta de sua expulsão na partida contra o Atlético-PR no dia 2 de outubro

O atacante Vargas foi absolvido nesta quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por conta de sua expulsão na vitória de 1 a 0 do Grêmio sobre o Atlético-PR. A partida ocorreu no dia 2 de outubro e foi válida pelo Campeonato Brasileiro. Com isso, o chileno está liberado para defender a camisa do Tricolor pela principal competição nacional.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Este não foi o primeiro julgamento de Vargas, e nem será o último. O chileno já havia sido absolvido por conta de uma expulsão na derrota para o Criciúma, em julho, e se envolveu em nova confusão no jogo da última quarta, contra o Corinthians, pela Copa do Brasil, quando também recebeu cartão vermelho. O julgamento por sua última expulsão deve ocorrer nas próximas semanas.

FERNANDO DANTAS / Gazeta Press
Vargas comemora gol que decretou a vitória do Grêmio em jogo contra o São Paulo no Morumbi

A absolvição permite que Vargas entre em campo neste domingo, contra o Coritiba, pelo Brasileirão. Porém, o cartão vermelho recebido diante do Timão impede que ele enfrente o Atlético-PR, na próxima quarta, pela abertura da semifinal da Copa do Brasil. Sem Kleber e Barcos, suspensos pelo terceiro amarelo, o técnico Renato Gaúcho deve utilizar Lucas Coelho ou Yuri Mamute para começar o jogo diante do Furacão.

Leia tudo sobre: GrêmioVargasbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas