Contra o Santos, Corinthians tenta fechar ano invicto em clássicos

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Apesar de não viver uma boa temporada, time tem a chance de fechar 2013 sem nenhuma derrota contra os três rivais paulistas

A temporada 2013 não foi exatamente como queria o Corinthians, sobretudo pelo desempenho no segundo semestre, mas a equipe ainda pode terminar o ano com uma boa marca contra os rivais. Não perdendo para o Santos no domingo, os comandados de Tite fecharão o período invictos em clássicos.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Até aqui, foram 11 partidas somadas contra Palmeiras, São Paulo e o próprio Santos. O ainda atual campeão mundial ganhou quatro vezes e conquistou sete empates, seu resultado mais comum nos últimos tempos.

Torcida faz protesto após chegada do Corinthians e tumultua Congonhas

Torcedores exibem faixa com erro de ortografia, na chegada do Corinthians a São Paulo. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressO técnico Tite optou pelo silêncio ao desembarcar no Aeroporto de Congonhas nesta quinta-feira. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressCercado por diversos torcedores, Mario Gobbi, presidente do Corinthians, apoiou a manifestação. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressCerca de 20 torcedores levaram faixas cobrando mudança de atitude dos jogadores do Corinthians. após a eliminação para o Grêmio. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressLateral Alessandro é cercado por torcedores do Corinthians no embarque da delegação para São Paulo. Foto: André Antunes/Futura PressO lateral Alessandro é parado por grupo de torcedores no embarque em Porto Alegre, inconformados com a eliminação do Corinthians na Copa do Brasil. Foto: André Antunes/Futura Press

A formação do Parque São Jorge enfrentou a da Vila Belmiro em quatro oportunidades. Empatou na primeira fase do Paulista e voltou a encontrar o rival na decisão, conquistando o título com uma vitória e um empate. No primeiro turno do Brasileiro, novo empate.

Conquistar um pontinho em Araraquara - onde será o jogo por causa de punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) - manterá a invencibilidade, mas não satisfará o Corinthians. A ideia é engatar uma série de vitórias e sonhar com uma hoje distante vaga na Copa Libertadores.

"Temos oito partidas no Brasileiro. É sangrar para buscar os 24 pontos e, matematicamente, tentar colocar o Corinthians no G-4", determinou o presidente Mário Gobbi, ciente de que a distância de dez pontos para o quarto colocado dificulta bastante os planos. "Ainda que não consigamos isso, é encerrar o ano com dignidade, honra, à altura das tradições e glórias do Corinthians, em respeito à torcida."

Leia tudo sobre: TiteCorinthiansbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas