Ancelotti vê Cristiano favorito para a Bola de Ouro: "Chegou a hora"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Comandante do atacante português no Real Madrid, técnico italiano aposta que seu atleta irá interromper o reinado de Lionel Messi como melhor jogador do mundo

Para o técnico Carlo Ancelotti, está na hora de Cristiano Ronaldo interromper o reinado de Messi na premiação da Bola de Ouro da Fifa. A alguns meses do resultado desta temporada, o treinador do Real Madrid fez questão de elogiar o português, colocando-o à frente dos adversários Messi e Ribéry.

Quem é o melhor jogador do mundo? Deixe sua opinião nos comentários

Em entrevista para a Cadena SER, Ancelotti não teve dúvidas. "É o momento para que Cristiano (Ronaldo) ganhe o Balão de Ouro à frente de Messi e Ribéry. Até acho que o Cristiano falou com o Zidane sobre isso", brincou o comandante merengue no programa El Larguero.

Veja imagens da carreira de Cristiano Ronaldo:

Cristiano Ronaldo foi o grande herói da classificação de Portugal para Copa do Mundo. Foto: Frank Augstein/APCristiano Ronaldo vibra após marcar gol que definiu vitória do Real Madrid sobre o Elche. Foto: APCristiano Ronaldo chuta para marcar na vitória por 3 a 2 do Real Madrid sobre o Levante fora de casa. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol da vitória do Real Madrid sobre o Levante fora de casa. Foto: APCristiano Ronaldo é marcado por Portillo no jogo entre Real Madrid e Málaga. Foto: Denis Doyle/Getty ImagesCristiano Ronaldo toca por cima de Buffon para marcar gol do Real Madrid sobre a Juventus. Foto: Antonio Calanni/APCristiano Ronaldo comemora gol feito na vitória do Real Madrid. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesCristiano Ronaldo lançou sua linha de roupas íntimas, a CR7 underwear. Foto: DivulgaçãoCristiano Ronaldo marcou três na goleada do Real por 7 a 3 sobre o Sevilla. Foto: Andres Kudacki/APCristiano Ronaldo comemora gol do Real Madrid sobre a Juventus pela Liga dos Campeões. Foto: APCristiano Ronaldo mostra chuteira e coleção de roupas. Foto: DivulgaçãoMessi e Cristiano Ronaldo. Foto: Getty ImagesO presidente da Fifa Joseph Blatter cumprimenta Cristiano Ronaldo na chegada da premiação da Fifa. Foto: Getty ImagesDi Maria e Cristiano Ronaldo no Real Madrid. Foto: ReutersFesta de Cristiano Ronaldo na goleada do Real Madrid para cima do Getafe. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo lamenta gol perdido . Foto: APCristiano Ronaldo teve dia de vilão, marcando contra o gol da derrota do Real Madrid diante do Granada. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo disputa a bola com Juan Carlos Paredes. Foto: APKaká comemora o primeiro gol do Real Madrid com Cristiano Ronaldo e Benzema. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora um dos três gols que marcou na vitória por 4 a 1 sobre o Sevilla neste sábado. Foto: APCristiano Ronaldo e Ferdinand juntos no Manchester United, em 2008. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora de maneira discreta o gol do Real Madrid. Foto: APCristiano Ronaldo marcou duas vezes pelo Real Madrid. Foto: APCristiano Ronaldo comemora após balançar as redes do Barcelona. Foto: APPiqué conversa com Cristiano Ronaldo. O português começou a partida no banco de reservas. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo x Manchester United. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesCristiano Ronaldo passa pela marcação de Rafael no Old Trafford. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesFaixa no Old Trafford homenageia Cristiano Ronaldo, ex-United. Foto: Jon Super/APCriança quer o retorno de CR7 ao United, mas pede que ele não faça gols . Foto: Jasper Juinen/Getty ImagesCristiano Ronaldo marcou os dois gols do Real Madrid na vitória sobre o Celta de Vigo. Foto: Lalo R. Villar/APCristiano Ronaldo marcou gol na vitória do Real Madrid, que levou a melhor sobre o United e se classificou na Liga dos Campeões, mas não comemorou. Foto: Jasper Juinen/Getty ImagesCristiano Ronaldo em ação por Portugal contra Israel. Foto: AFPCristiano Ronaldo lamenta chance perdida n o empate de Portugal contra Israel. Foto: AP/Ariel SchalitCristiano Ronaldo abraça o brasileiro Marcelo depois de marcar para o Real Madrid contra o Real Zaragoza. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesCristiano Ronaldo: craque, artilheiro e grande ídolo da torcida do Real Madrid. Foto: Getty ImagesPepe e Cristiano Ronaldo mostram a taça da Supercopa da Espanha, primeiro título do Real na atual temporada. Foto: EFEMessi e Cristiano Ronaldo se cumprimentam antes de clássico na Espanha. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol de Portugal na Euro 2012. Foto: ReutersAtacante não esconde tristeza após eliminação na semifinal, após disputa de pênaltis com a Espanha. Foto: APCasillas e Cristiano Ronaldo vibram na festa do 32º título espanhol do Real Madrid, na última temporada. Foto: APCristiano Ronaldo se transferiu ao Real Madrid em 2009. Foto: APEm 2008, Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa. Foto: Getty ImagesAo lado dos companheiros de Manchester United, Cristiano Ronaldo celebra título da Liga dos Campeões de 2008. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol pelo Manchester United. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo se juntou ao Manchester United em 2003, após iniciar a carreira no Sporting de Lisboa. Foto: Getty ImagesAos poucos, português foi ganhando espaço no time de Alex Ferguson. Foto: Getty Images

Ancelotti foi além e afirmou que o camisa 7 foi a maior surpresa de toda a sua carreira, que já tem 18 anos como técnico. "(Fico) com Cristiano. É um jogador que treina bem e é muito aplicado e profissional dentro e fora de campo", justificou.

Cristiano Ronaldo é a principal aposta para o clássico contra o Barcelona, neste sábado, às 14 horas (de Brasília), no Camp Nou, pela décima rodada do Campeoanto Espanhol. Os dois lutam pela liderança da competição nacional, sendo que os culés, na primeira colocação, têm três pontos de vantagem.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Espanhol

Sobre o duelo, Ancelotti revelou que trabalhará mais o psicológico do elenco. "Se eu puder tocar o coração (dos jogadores), será melhor. O treinador tem que preparar a estratégia, mas prefiro sempre uma equipe que tenha atitude e caráter", disse, antes de garantir ofensiva dos seus comandados fora de casa.

"Depende da partida, mas não vamos jogar para empatar. Vamos jogar com coragem e personalidade. Não é bom jogar para defender", finalizou. Em caso de vitória em pleno Camp Nou, o time da capital espanhola assumirá a ponta do Nacional.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas