Brigas em clássico rende perda de mando ao Cruzeiro e multa ao Atlético-MG

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atleticanos receberam pela de R$ 20 mil; cruzeirenses terão ainda que pagar R$ 30 mil por confusão ocorrida no estádio Independência

O Cruzeiro foi julgado nesta quinta-feira pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), em primeira instância, e condenado a perder um mando de campo, além de multa de R$ 30 mil pelos incidentes envolvendo torcedores no clássico contra o arquirrival Atlético-MG do último dia 13 de outubro, disputado no Independência. Já os atleticanos terão que pagar R$ 20 mil.

Acha que a punição a Cruzeiro e Atlético-MG é justa? Deixe seu comentário

Yuri Edmundo/Gazeta Press
Torcedores do Cruzeiro brigaram entre eles antes do clássico contra o Atlético-MG no estádio Independência

O diretor de futebol cruzeirense Alexandre Mattos já anunciou que o clube irá entrar com recurso e pedido de efeito suspensivo para que a pena não seja executada antes de haver um novo julgamento.

"O Cruzeiro discorda dessa pena, trabalha com a absolvição e vai entrar com um recurso e um pedido de efeito suspensivo. O Cruzeiro tem um departamento jurídico espetacular e tenho certeza que teremos êxito", afirmou Mattos.

De acordo com o dirigente, o Cruzeiro está bastante seguro em relação à absolvição, já que tomou todas as medidas necessárias na partida e espera que os torcedores envolvidos sejam punidos exemplarmente pela justiça.

"Isso é um caso de polícia. O clube colocou a segurança, juntamente com a polícia, bombeiros. A pessoa é presa, a polícia mineira fez o papel dela e cabe à justiça, Ministério Público, julgar e condenar. Isso não é papel de clube de futebol. A polícia prendeu e eles têm que ser condenados. Além disso, o Cruzeiro tomou uma providência de processá-los", declarou.

A perda de mando de campo do Cruzeiro deverá ser cumprida no duelo contra o Grêmio, já que não existe tempo para transferir o duelo de sábado, contra o Criciúma.

Leia tudo sobre: cruzeiroatlético-mgbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas