Jogadores da Ponte comemoram passo inédito: “Estamos fazendo história”

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atletas exaltaram a importância da vitória por 2 a 0 no jogo de ida, em Campinas, para a classificação para as quartas da Sul-Americana. Adversário será o Vélez Sarsfield

Fernando Vergara/AP
William disputa bola na derrota da Ponte Preta para o Deportivo Pasto

Depois de vencer por 2 a 0 fora de casa, a Ponte Preta viajou à Colômbia para escrever mais um capítulo de sua história e avançar às quartas de final da Copa Sul-Americana, em sua primeira participação em competições internacionais. O jogo foi sofrido, o Deportivo Pasto venceu por 1 a 0, mas não foi o suficiente para tirar o sonho brasileiro. Na saída de campo, com muita comemoração, os jogadores da equipe paulista comemoraram muito, cientes da importância do resultado para o clube de 113 anos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Sabíamos que, no primeiro jogo internacional da história, nada seria fácil, e não foi. O que importa é que conseguimos o resultado lá em Campinas, jogamos com o resultado aqui e garantimos a classificação. Tínhamos que ser frio ao extremo, o campo era muito grande, mas conseguimos superar todos os obstáculos. O pessoal tem que comemorar bastante, porque foi suado", disse o goleiro Roberto em entrevista ao Fox Sports.

Leia mais: Ponte perde por 1 a 0, mas avança e encara o Vélez nas quartas

Mesmo longe de casa, os jogadores da Macaca receberam o apoio da torcida, que compareceu ao Estádio Libertad para acompanhar o primeiro desafio internacional da equipe campineira. Na saída de campo, o elenco alvinegro não deixou de agradecer o apoio e admitiu que o sentimento é de fazer história com a camisa do clube do Moisés Lucarelli.

"Estamos fazendo história, é a primeira competição da Ponte Preta no cenário nacional, então eu acredito que podemos seguir fortes na sequência da Sul-americana", destacou o lateral Régis, que deixou o gramado colombiano com dificuldades para respirar, após a pressão feita pelo time da casa nos minutos finais do jogo.

Apesar da euforia de ter dado mais um importante passo na Sul-americana, a Ponte Preta não pode pensar no confronto diante do Vélez Sarsfield, pelas quartas de final, pois tem um jogo complicado pelo Campeonato Brasileiro. Na luta contra o rebaixamento, a equipe campineira recebe o Vasco, que também está na zona da degola, em um confronto direto neste domingo, às 16 horas (de Brasília).

Focados na competição nacional, os jogadores, mesmo com a comemoração da classificação, não deixaram de lembrar o compromisso diante do time de São Januário. "Agora, nós temos que ter foco no Campeonato Brasileiro, pois temos um compromisso importante no próximo domingo", completou o zagueiro Diego Sacoman.

Leia tudo sobre: Copa Sul-americanaPonte Pretaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas