Capitão do Palmeiras se esquiva de polêmica entre clube e WTorre

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

"Estou por fora. Isso é com a diretoria. O presidente está lidando com a situação", despistou o zagueiro Henrique

Os comandados do técnico Gilson Kleina estão alheios à briga entre a diretoria do Palmeiras e a WTorre, construtora responsável pelas obras da futura arena. Na tarde desta quarta-feira, o capitão Henrique franziu a testa para avisar que não procura se inteirar a respeito dos problemas de bastidores.

Veja fotos das obras do novo estádio do Palmeiras:

Estrutura da cobertura ocupa parte do campo e atrapalha andamento das obras. Foto: Maurício Nadal/iGAllianz Parque tem 68% das obras concluídas. Foto: Maurício Nadal/iGCamarotes estão sendo comercializados pela WTorre. Foto: Maurício Nadal/iGCada lugar no camarote custará em média R$18 mil por ano. Foto: Maurício Nadal/iGFoco da obra no momento é a montagem e colocação da cobertura. Foto: Maurício Nadal/iGTratores, caminhões e guindastes também atrapalham o andamento do restante das obras. Foto: Maurício Nadal/iGParte da cobertura da Allianz Parque. Foto: Divulgação/WTorreA arena Allianz Parque está orçada em R$ 450 milhões . Foto: Divulgação/WTorreO novo estádio do Palmeiras está sendo construído pela WTorre. Foto: Divulgação/WTorreNo aniversário de 99 anos do Palmeiras, operários pararam as obras e cortaram bolo. Foto: Divulgação/WTorreImagem da estrutura de cobertura da Allianz Parque. Foto: Divulgação/WTorreAllianz Parque. Foto: Divulgação/WTorreAllianz Parque. Foto: Divulgação/WTorreAllianz Parque. Foto: Divulgação/WTorreEstrutura da cobertura ocupa parte do gramado. Foto: Divulgação/WTorreFoto aérea da obra do Allianz Parque, novo estádio do Palmeiras, em julho de 2013. Foto: DivulgaçãoFoto aérea do Allianz Parque, novo estádio do Palmeiras, em julho de 2013. Foto: DivulgaçãoLeandro visita as obras no Allianz Parque. Foto: DivulgaçãoLeandro visita as obras no Allianz Parque. Foto: DivulgaçãoLeandro visita as obras no Allianz Parque. Foto: DivulgaçãoCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iG

"Estou por fora. Isso é com a diretoria. O presidente está lidando com a situação", esquivou-se Henrique, orientando a conduta dos jogadores do Palmeiras em relação ao tema.

Para quem está por fora, como Henrique, a disputa entre o Palmeiras e Walter Torre começou a partir do momento em que o presidente da WTorre passou a pleitear o direito de comercializar todos os 45.000 assentos da arena para torcedores. Paulo Nobre, mandatário palmeirense, alega que o clube havia se incumbido de repassar apenas 10.000 lugares para a sua parceira.

Nobre sobe o tom de voz contra WTorre: 'Ninguém vai passar Palmeiras para trás'

"Só queremos que o estádio esteja pronto o quanto antes, para ser usado pela nossa equipe no ano que vem. Eles que resolvam a papelada", voltou a incumbir o zagueiro Henrique, que poderá ter o desejo realizado no final do primeiro trimestre de 2014. Ao menos, essa foi a última previsão feita pela WTorre.

Atualmente, a maior preocupação do jogador é em sacramentar logo o acesso do Palmeiras à Série A do Campeonato Brasileiro. O líder da segunda divisão poderá alcançar o objetivo já neste sábado, contra o São Caetano, no Pacaembu.

"Independentemente de um empate nos servir, só pensamos em ganhar. Respeitamos o São Caetano, mas queremos buscar os três pontos, ainda mais jogando em casa", disse Henrique, que transforma o Pacaembu em lar palmeirense enquanto a WTorre não conclui as obras da arena do clube.

Leia tudo sobre: HenriquePalmeirasWTorreallianz parque

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas