Ribéry marcou duas vezes, e Alaba, Schweinsteiger e Götze completaram o placar de 5 a 0 a favor dos alemães diante dos tchecos

Ribery chuta para abrir o placar para o Bayern
Matthias Schrader/AP
Ribery chuta para abrir o placar para o Bayern

O Bayern atendeu às expectativas e, atuando na Allianz Arena, goleou o Viktoria Plzen por 5 a 0 nesta quarta-feira, em partida válida pelo Grupo D da Liga dos Campeões. Gols de Ribery (duas vezes), Alaba, Schweinsteiger e Gotze construíram a vitória do time comandado por Pep Guardiola.

City supera campo ruim, vira sobre CSKA e mantém segundo lugar no Grupo D

O resultado manteve o atual campeão europeu com 100% de aproveitamento nesta edição das Champions. O Bayern segue na liderança do Grupo D (que tem o Manchester City como segundo colocado, com seis pontos), agora com nove pontos, enquanto o lanterna Viktoria Plzen chegou à terceira derrota em três jogos.

As duas equipes voltam a se enfrentar dia 5 de novembro, na cidade de Plzen, em partida que abrirá o segundo turno do grupo.

O jogo
O Bayern encontrou dificuldades nos primeiros minutos de jogo para fugir da forte marcação do time tcheco, que se defendia com todos os 10 jogadores de linhas - muitas vezes com sete deles dentro da área. Paciente, a equipe comanda por Pep Guardiola trocou passes e insistiu nas jogadas pelos lados.

E foi pela lateral direita que surgiu o lance que originou a abertura do placar. Robben fez bela jogada individual, entrou na área e foi derrubado por Hubnik. Na cobrança do pênalti, Ribery chutou rasteiro no canto esquerdo. Kozacik tocou na bola, mas não evitou o gol alemão.

O goleiro salvou o Viktoria Pilsen em pelo menos outras duas ocasiões. Aos 27, quando ficou cara a cara com Mandzukic, e aos 29, ao defender cabeçada à queima-roupa do zagueiro Van Buyten.

Pelo meio saiu o segundo gol do Bayern. Schweinsteiger levantou para Mandzukic, que ajeitou de cabeça para Alaba. O lateral esquerdo dominou no peito, avançou e, de perna direita, finalizou a jogada.

Confira fotos dos jogos desta quarta-feira :

Não fosse o goleiro Kozacik, e o Bayern teria terminado o primeiro tempo goleando. O tcheco defendeu difícil cabeçada de Robben aos 40 e forte chute de Kroos aos 43.

A primeira boa chance do Bayern na segunda etapa foi criada aos 10 minutos, quando Schweinsteiger arriscou de longe e levou perigo ao gol adversário. Três minutos depois, o que seria o terceira gol bávaro foi anulado. Ribery recebeu boa bola de Robben, foi ao fundo e tocou para Mandzukic, que, impedido, completou para o gol.

Aos 15 minutos, Ribery marcou o terceiro do Bayern. O francês recebeu na entrada da área, livrou-se do marcador com um corte seco e, encobrindo o goleiro, completou para o fundo das redes.

Três minutos mais tarde, os bávaros marcaram o quarto. Mario Gotze, que havia acabado de entrar nu lugar de Lahm, fez jogada pela direita e rolou para Schweinsteiger, que girou sobre a marcação e finalizou com força.

O quinto gol saiu aos 46. Robben prendeu a bola pela direita e esperou o deslocamento de Gotze. Quando percebeu a movimentação do jovem alemão, o holandês deu cruzamento perfeito, e Gotze dominou antes de completar para o gol de direita.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.