Tamanho do texto

Neymar ainda era criança quando Robinho ganhava títulos pelo Santos. Anos depois, eles atuaram juntos pelo time paulista e se enfrentam nesta quarta, no jogo entre Barça e Milan

Neymar e Robinho foram companheiros no Santos e se enfrentarão hoje em duelo da Liga dos Campeões
Gazeta Press
Neymar e Robinho foram companheiros no Santos e se enfrentarão hoje em duelo da Liga dos Campeões

Quando era um garoto e apenas sonhava em ser jogador de futebol, Neymar tinha em Robinho o seu principal ídolo. Segundo próprias declarações do camisa 10 da seleção brasileira, o título nacional conquistado pelo atacante com o Santos em 2002 foi um marco na vida do então jovem de 10 anos. Mais de uma década depois e já tendo atuado juntos no time paulista, os maiores ídolos da história recente do clube da Vila Belmiro voltarão a ocupar o mesmo campo de futebol. Mas em lados diferentes. Nesta terça-feira, Milan e Barcelona se enfrentam no estádio San Siro, em Milão, pela Liga dos Campeões da Europa, e, pela primeira vez, Neymar terá a oportunidade de jogar contra Robinho.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Para homenagear o seu amigo e ídolo de infância, então, o camisa 11 da equipe catalã postou em seu Instagram uma montagem de fotos ao lado do jogador do Milan. "Hoje é um dia especial para mim .. Por jogar pela primeira vez contra o meu ídolo, que eu sempre acompanhei desde criança e Tive a honra de jogar ao lado .. Tamo junto Robshow, Boa Sorte sempre, mas hoje dá Barça hahahah te amo Robinho", escreveu Neymar.

Veja fotos da carreira de Neymar:


Na postagem, aparecem três momentos distintos da carreira de ambos. No primeiro, Neymar, ainda jovem atleta de futebol de salão do Santos, aparece tietando Robinho, que buscava se afirmar como ídolo do time da baixada após o título brasileiro de 2002 - tal posto seria confirmado com o bicampeonato em 2004.

Em seguida, os dois surgem já como companheiros de equipe. Isto aconteceu no início de 2010, quando Robinho, emprestado pelo Manchester City, voltou ao Peixe e, ao lado de Neymar e Ganso, conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil. Os amigos ainda dividiram o ataque da Seleção Brasileira no ano seguinte, durante a disputa da Copa América. Em 28 jogos lado a lado, conquistaram 17 vitórias, quatro empates e somente sete derrotas. O jovem de 21 anos anotou 20 gols, enquanto o atacante mais experiente fez dez.

Já o terceiro momento - e que ganhou mais destaque - é o atual: Neymar no Barcelona, e Robinho no Milan. Ambos com o tema da Liga dos Campeões da Europa ao fundo. Isto acontecerá nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), no estádio San Siro em Milão. Além de colocar frente a frente as duas últimas gerações do Santos e da Seleção Brasileira, o confronto será válido pela 3ª rodada do maior torneio de clubes do mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.