Ferguson critica ex-jogadores e diz que Beckham preferiu a fama ao futebol

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Em sua biografia livro, ex-treinador pega pesado com atletas que ele comandou e com velhos colegas de profissão

Aposentado desde o final da temporada passada, quando deixou o comando do Manchester United, o ex-técnico Alex Ferguson sentiu-se à vontade para atacar alguns de seus ex-comandandos e até ex-colegas de profissão. As declarações, para lá de sinceras, estão no livro “Alex Ferguson – Minha Autobiografia” (em tradução livre). Veja na galeria abaixo algumas das polêmicas frases.

Relembre: Alex Ferguson fala ao iG sobre seu estilo implacável

Ferguson sobre David Beckham: “Ele se apaixonou por Victoria, e isso mudou tudo”. Foto: Getty ImagesBekham: “David pensou que fosse maior do que Alex Ferguson. Não há dúvidas de que ele pensou isso”. Foto: Getty ImagesBeckham: “Foi o único jogador que eu conheci que escolheu ser famoso, que teve como missão ser conhecido além do futebol”. Foto: Alexander F. Yuan/APRooney: “Wayne precisava tomar cuidado. Ele tem grandes qualidades, mas todas elas podem ser engolidas pela falta de preparo físico”. Foto: Jon Super/APGerrard: “Sou um dos poucos que pensava que ele não é um jogador de elite”. Foto: Getty ImagesLampard: “Um maravilhoso servo do Chelsea, mas eu não o vejo como um jogador de elite”. Foto: APKeane: “A parte mais dura do corpo de Roy é a língua. Ele tem a língua mais selvagem que se pode imaginar”. Foto: Getty ImagesManchester City: “Muitos jogadores não tinham noção do que haviam feito ao ganhar um título após 44 anos. Para alguns, ter superado o United bastava”. Foto: APRafa Benítez: “Ele tinha mais mérito por defender e destruir do que por vencer. Eu achava difícil assistir a um jogo do Liverpool quando ele era o treinador”. Foto: AFP

Sobre David Beckham

“Ele se apaixonou por Victoria, e isso mudou tudo”

“David foi o único jogador que eu conheci que escolheu ser famoso, que teve como missão ser conhecido além do futebol”

“David pensou que fosse maior do que Alex Ferguson. Não há dúvidas de que ele pensou isso”

Sobre Wayne Rooney

“Wayne precisava tomar cuidado. Ele tem grandes qualidades, mas todas elas podem ser engolidas pela falta de preparo físico”

Sobre Frank Lampard

“Um maravilhoso servo do Chelsea, mas eu não o vejo como um jogador de elite”

Sobre Steven Gerrard

“Sou um dos poucos que pensava que Gerrard não pé um jogador de elite”

Sobre o Manchester City

“Muitos jogadores não tinham noção do que haviam feito ao ganhar um título após 44 anos. Para alguns, ter superado o Manchester United bastava”

Sobre Roy Keane

“A parte mais dura do corpo de Roy é a língua. Ele tem a língua mais selvagem que se pode imaginar”

Sobre Rafa Benítez

“Benítez tinha mais mérito por defender e destruir do que por vencer. Eu achava difícil assistir a um jogo do Liverpool quando ele era o treinador”

Leia tudo sobre: alex fergusondavid beckhaminglaterrafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas