Arena do Grêmio pode receber primeiro jogo da final da Série D do Brasileiro

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Juventude não poderá usar o Alfredo Jaconi diante do Botafogo-PB, pois foi punido pelo STJD devido a problemas com a torcida

O Juventude poderá mandar a primeira final da Série D na Arena do Grêmio, já que tem boa relação com a diretoria tricolor. A proximidade entre as cidades de Caxias do Sul e Porto Alegre também ajuda, mas a definição do local só sairá nos próximos dias, e o Colosso da Lagoa, em Erechim, é a outra opção.

Contra o Botafogo-PB, pela decisão da competição nacional, o time alviverde não poderá usar o tradicional Alfredo Jaconi, na Serra Gaúcha, uma vez que está punido pelo STJD - nas oitavas, diante do Londrina-PR, torcedores soltaram rojões e invadiram o campo do estádio.

Alternativas, o Estádio Alviazul, em Lajeado, não tem a capacidade de 10 mil pessoas exigidas pela CBF, o Complexo Esportivo da Ulbra, em Canoas, não está com as vistorias em dia, e o Passo D’Areia, na própria capital gaúcha, tem grama sintética. Todos estes foram descartados.

"A CBF permitiu o Colosso da Lagoa e a Arena do Grêmio. A tendência é que o primeiro seja escolhido, domingo, às 16 horas. Mas, caso seja na Arena, e ela queira que seja no sábado, jogaremos, porque Porto Alegre é mais perto. Mas isso é hipotético", disse o supervisor de futebol Michel Costa.

O jornal Pioneiro lembra que a relação entre as cúpulas de Juventude e Grêmio é estreita, ainda mais após a transferência de alguns jogadores, como Alex Telles, por exemplo. A equipe caxiense ainda poderia usar a praça esportiva gremista a custo zero.

Leia tudo sobre: série djuventudegrêmio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas