Chapecoense recebe ‘concorrente’ Sport para abrir vantagem na vice-liderança

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Oito pontos à frente da equipe pernambucana, time catarinense pode ficar ainda mais perto do acesso se vencer confronto direto

Há uma semana, a Chapecoense visitava o então terceiro colocado, Avaí, na Ressacada, correndo o risco de ver sua desvantagem na vice-liderança ser reduzida para apenas três pontos. Com a vitória por 2 a 1, porém, encerrou aquela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro com sete pontos de distância para o Sport, que assumira o terceiro posto. Neste sábado, então, a Chape tem nova chance de abrir na segunda posição: Encara o Leão da Ilha, às 16h20 (de Brasília), na Arena índio Condá, em Chapecó.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Diferentemente da semana passada, a vantagem para o terceiro colocado, hoje, está na casa dos sete pontos. Assim, uma derrota não causaria tantos estragos, considerando, inclusive, que a equipe catarinense possui um jogo a menos que seus concorrentes diretos. Apesar disto, o papo no Verdão do Oeste é de buscar a vitória para se distanciar ainda mais na segunda colocação da Série B.

"Vai ser um jogo difícil, bastante truncado, até porque eles, como nós, precisam da vitória para conseguir o objetivo. Nós vamos em busca do triunfo, mas temos que ter a consciência de que será um jogo de paciência, tranquilidade. Ter foco e concentração para este confronto será fundamental", afirmou o zagueiro Dão.

Para o duelo com o Sport, válido pela 31ª rodada da competição nacional, o técnico Gilmar Dal Pozzo conta com o retorno do meia Nenén, recuperado de lesão, e do zagueiro Tiago Saletti, que estava suspenso contra o Ceará. Assim, além de Saletti, Alemão e Dão, titular no último jogo, brigam por uma vaga na zaga ao lado do titular Rafael Lima. Isto porque André Paulino segue em tratamento e fica de fora.

Pelo lado do Leão da Ilha, o discurso é de tentar conseguir um bom resultado para seguir no grupo dos quatro primeiros colocados da competição. Em caso de derrota ou até empate, uma combinação de resultados entre os jogos de sexta e sábado pode tirar o time pernambucano do G-4. "O receio de sair do G-4 existe, até porque é uma possibilidade. A partir do momento que seus adversários estão colados, esse receio existe. Mas não seria o fim do mundo. O temor de sair e não voltar mais não existe", explicou o treinador Geninho.

Para o meia Lucas Lima, apesar das óbvias dificuldades de encarar o vice-líder do campeonato fora de casa, o Sport tem condições de sair de campo com a vitória. Ele ainda citou o confronto com a Chape no primeiro turno (que acabou com vitória catarinense por 2 a 1) para exemplificar a maneira como o Rubro-Negro deve atuar. "Temos que jogar com inteligência contra a Chapecoense. Eles estão em grande fase e já tivemos a lição no primeiro jogo. Estávamos ganhando até o final do jogo e acabamos derrotados. Não podemos oscilar porque é um jogo difícil, mas temos condições de vencer, sim. Temos feito bons jogos fora de casa", afirmou.

Os desfalques, porém, devem complicar a situação do Sport. Geninho não poderá contar com Tobi, Pereira e Aílton, lesionados, Felipe Azevedo, suspenso, e Oswaldo, que ainda aprimora a parte física. Por outro lado, o zagueiro Vinícius Simon deve voltar. No entanto, a grande dúvida do técnico está no meio de campo. Sem Aílton, o comandante rubro-negro tem como opções para a posição: Patrik Silva e Camilo.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE X SPORT

Local: Arena índio Condá, em Chapecó (SC)
Data: 19 de outubro de 2013 (sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo e Gustavo Rodrigues de Oliveira (ambos de SP)

CHAPECOENSE: Nivaldo; Murilo (Glaydson), Rafael Lima, Dão (Tiago Saletti) e Fabinho Gaúcho; Wanderson (Neném), Paulinho Dias, Augusto e Athos; Tiago Luis e Bruno Rangel.
Técnico:Gilmar Dal Pozzo.

SPORT: Magrão; Patric, Aílson (Vinícius Simon), Gabriel Santos e Marcelo Cordeiro; Anderson Pedra, Rithely, Patrik Silva (Camilo) e Lucas Lima; Marcos Aurélio e Neto Baiano
Técnico:Geninho.

Leia tudo sobre: SportChapecoensesérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas