STJD denuncia Corinthians e São Paulo por incidentes no clássico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Ambos podem perder de um a dez mandos de campo pela briga com policiais militares no Morumbi, segundo Paulo Schmitt

Miguel Schincariol/Gazeta Press
Torcedores do São Paulo enfrentam os policiais na arquibancada do Morumbi

A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) oficializou nesta sexta-feira a denúncia de Corinthians e São Paulo pelos incidentes ocorridos no domingo, no Morumbi. As duas equipes podem perder de um a dez mandos de campo cada no Campeonato Brasileiro.

Comente esta notícia com outros torcedores

A informação foi confirmada pelo procurador-geral, Paulo Schmitt.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O Corinthians será julgado por conta das bombas explodidas no intervalo, as quais, segundo a Polícia Militar, foram atiradas por torcedores alvinegros. Na sequência, houve confronto entre são-paulinos e policiais militares, motivo pelo qual o São Paulo também responderá no tribunal.

De acordo com o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, no qual foi baseada a denúncia, os clubes poderão receber multa que varia entre R$ 100 a R$ 100 mil e perder mando de campo de uma a dez partidas, por terem deixado "de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordem" na arquibancada.

São Paulo usa vídeos e culpa corintianos por confusão entre sua torcida e PM

A punição dos mandos de campo é a mais preocupante para ambos, tendo em conta a proximidade da zona de descenso à segunda divisão nacional. Corinthians e São Paulo somam 37 pontos cada, apenas cinco acima da zona de rebaixamento da competição, restando nove rodadas.

Leia tudo sobre: stjdcorinthianssão paulobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas