Para deixar a zona da degola, Vasco recebe o Goiás em Macaé

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe carioca amarga a 18ª posição do Brasileiro e precisa da vitória para sair da zona do rebaixamento

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Dorival Júnior conversa com os jogadores do Vasco após o treino desta terça

Em busca de reação, o Vasco recebe o Goiás nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Moacyrzão, em Macaé, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca, derrotado por 3 a 2 no fim de semana pelo Criciúma, segue na zona de rebaixamento, com 32 pontos, e precisa da vitória para sair da incômoda situação.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O time, porém, terá que jogar longe da capital carioca por conta de uma punição imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) devido ao mau comportamento de seus torcedores em Brasília, no empate por 1 a 1 com o Corinthians. Já a equipe goiana, com 40 pontos, ganhou motivação após fazer 3 a 1 no Bahia e quer provar que ainda pode sonhar com uma vaga na Libertadores.

Confira classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileirão

Dorival Júnior, técnico do Vasco, disse que tem plena confiança de que sua equipe vai conseguir deixar a zona de rebaixamento mais cedo ou mais tarde. Portanto, mostra otimismo para este duelo.

"A minha confiança no elenco do Vasco e no seu comprometimento com o futuro do clube continua a mesma e, por isso, tenho plena convicção de que vamos sair desta situação. Os atletas sabem que, para isso, é fundamental vencermos as partidas que nos restam neste Brasileirão, a começar por esse duelo com o Goiás", disse Dorival.

Os jogadores entenderam a necessidade de ganhar em casa, mas sabem que serão muito pressionados por essa obrigação ao longo dos 90 minutos. Para isto, pregam a tranquilidade como principal arma.

Marcos Bezerra/Futura Press
Walter é o destaque do Goiás no Brasileirão

"Não podemos deixar que a bola pese nos nossos pés. Precisamos trabalhá-la com o máximo de tranquilidade e inteligência, encontrando o melhor momento para chegarmos ao triunfo. O desespero só vai nos prejudicar. Temos condições de fazermos um bom jogo e construirmos o resultado positivo, mas é preciso muita paciência", analisou o volante Pedro Ken.

Para este compromisso, o Vasco terá dois reforços. O zagueiro Jomar, que cumpriu suspensão diante do Criciúma, reaparece na vaga de Renato Silva, compondo a zaga com Cris. Porém, o principal retorno será mesmo o do meia Juninho Pernambucano, que ficou de fora no Sul por conta de dores na panturrilha direita, mas se recuperou e vai a campo. Assim, Francismar fica como opção no banco de reservas.Pelo lado do Goiás, o técnico Enderson Moreira está se preparando para uma verdadeira batalha, pois sabe que o Vasco fará de tudo na busca pelo resultado.

"A minha expectativa é de uma guerra, pois o Vasco vem jogando bem, mas não tem conseguido os resultados. Como é um dos gigantes do futebol brasileiro, não tenho a menor dúvida de que vai fazer de tudo para tentar ganhar em casa. Temos que estar prontos para um jogo muito complicado, um dos mais difíceis desta reta final", afirmou Enderson que, sem problemas de lesão ou suspensão, vai repetir a escalação que bateu o Bahia.

Goiás e Vasco já se enfrentaram duas vezes neste ano, ambas no Serra Dourada, em Goiânia. No primeiro turno, as duas equipes empataram por 1 a 1. Pedro Ken fez o gol dos cariocas, mas Walter garantiu a igualdade nos minutos finais. Já pelo confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil, os goianos venceram por 2 a 1. Naquela ocasião, Walter e Roni fizeram os gols dos anfitriões, depois que Edmílson abriu o marcador para os vascaínos. O duelo de volta pela Copa do Brasil está previsto para o dia 24 de outubro, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
VASCO X GOIÁS

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 17 de outubro de 2013, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Fifa-SP) e Márcio Santiago (Fifa-MG)

VASCO: Diogo Silva; Fágner, Jomar, Cris e Henrique; Pedro Ken, Fellipe Soutto, Jhon Cley e Juninho Pernambucano; Marlone e André
Técnico: Dorival Júnior

GOIÁS: Renan; Vítor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Hugo, Roni e Eduardo Sasha; Walter
Técnico: Enderson Moreira

Leia tudo sobre: VascoGoiásbrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas