Maradona diz que gostaria de ser papa e que não usa drogas há quase 10 anos

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Fiz com que minha família chorasse. Fiz mal a muitas pessoas", disse o ex-craque, que fez um apelo para que os jovens evitem o vício

Nesta quarta-feira, em entrevista cedida na redação do jornal italiano La Gazzeta dello Sport, o expoente máximo do futebol na Argentina, Diego Armando Maradona, afirmou estar há quase dez anos sem usar drogas. Além da revelação, o eterno camisa 10 relembrou os tempos de dor que causou aos amigos, à família e, sobretudo, à ex-mulher Cláudia Villafañe.

Relembre, em fotos, a carreira de Diego Armando Maradona:

O jovem Diego Armando Maradona, então um argentino desconhecido. Foto: ReproduçãoDiego Maradona em ação pelo Argentinos Juniors, em 1977, no início da carreira profissional. Foto: Getty ImagesMaradona com o Barcelona nos anos 80. Foto: Getty ImagesMaradona usou a braçadeira de capitão no Barcelona. Foto: Getty ImagesMaradona viveu o auge da carreira no Napoli. Foto: Getty ImagesMaradona comemora conquista da Copa da Uefa de 1989. Ele liderou o Napoli também a dois títulos italianos e a uma Copa da Itália. Foto: Getty ImagesMaradona comemora gol durante sua rápida passagem pelo Sevilla, que se resumiu a apenas cinco jogos entre 1993 e 1994. Foto: Getty ImagesO beijaço de Maradona em Caniggia, pelo Boca Juniors, ficou para a história. Foto: APFamoso gol de mão contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986. Foto: Getty ImagesNaquele mesmo jogo, fez um dos gols mais bonitos das Copas do Mundo. Ele partiu de trás do meio de campo e driblou quem apareceu pela frente. Foto: Getty ImagesMaradona liderou a Argentina à conquista da Copa do Mundo em 1986. Foto: Gety ImagesMaradona encara a marcação de Dunga no duelo contra o Brasil pelas oitavas de final da Copa de 1990. Foto: Getty ImagesArgentina de Maradona precisou superar a Austrália na repescagem para ir à Copa de 1994. Foto: Getty ImagesPartida contra a Nigéria, na terceira rodada da fase de grupos de 1994, marcou o fim da história de Maradona nas Copas. Foto: Getty ImagesExame antidoping acusou substância proibida, e jogador não pôde mais entrar em campo na Copa dos EUA. Foto: Getty ImagesRonaldinho Gaúcho é cumprimentado por Maradona nas Olimpíadas. Ex-craque argentino nunca escondeu admiração pelo brasileiro. Foto: Getty ImagesMaradona comandou a Argentina na Copa do Mundo de 2010. Seleção caiu nas quartas de final diante da Alemanha. Foto: ReproduçãoJosé Mourinho recebe a visita de Maradona em treino do Real Madrid. Foto: Getty ImagesEm jogo da final da Libertadores contra o Corinthians, torcida do Boca Juniors leva faixa em homenagem a Maradona. Foto: AFP

"Fiz com que minha família chorasse. Fiz mal a muitas pessoas", disse ele, que fez um apelo para que os jovens evitem o vício. "É uma dependência muito feia".

Leia mais: Romário e Maradona apontam corrupção e chamam clubes para peitar Conmebol

depois, bem-humorado, Maradona declarou que gostaria de ser papa. Ele ainda alfinetou as lideranças da Fifa, que considera ultrapassadas. "Os diretores da Fifa todos possuem mais de 95 anos. Como é que dá pra dirigir uma organização assim se não podem dirigir nem um carro?".

Leia tudo sobre: argentinamaradonafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas