Após confusão no Frasqueirão, MP abre inquérito civil contra o ABC

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O Ministério Público do Rio Grande do Norte abriu inquérito civil por "tumulto generalizado e possível superlotação" durante jogo diante do Palmeiras no último dia 5

Reprodução/TV Bandeirantes
Torcida do ABC superlotou o Frasqueirão

O MPRN (Ministério Público do Rio Grande do Norte) resolveu abrir um inquérito civil por "tumulto generalizado e possível superlotação" do estádio do Frasqueirão, durante o jogo entre ABC e Palmeiras, no último dia 5. A decisão foi publicada pelo Diário Oficial do estado.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

No inquérito, José Augusto Peres Filho, 24º promotor de justiça da Defesa do Consumidor, pede notificações ao ABC, ao comandante geral da Polícia Militar e para a Federação Norte-rio-grandense de Futebol, que terão que prestar informações sobre o fato.

Confira classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia da Série B

Empolgados pela reação do time potiguar no Campeonato Brasileiro Série B, mais de 15 mil torcedores lotaram o estádio e causaram confusões nas arquibancadas, atrasando o início do jogo. Algumas pessoas começaram a ser esmagadas nas grades, e as autoridades tiveram que intervir.

Para que os espaços fossem aumentados nos setores, alguns fãs tiveram que pular o alambrado e entrar no campo - outros permaneceram fora do estádio, mesmo com ingresso, e acabaram perdendo a vitória alvinegra de 3 a 2 sobre o Verdão, em partida com arbitragem muito polêmica.

O ABC foi punido pelo STJD em R$ 30 mil, em julgamento na noite desta quarta-feira, por ferir o Artigo 211 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) da CBF. No entanto, o clube de Natal foi absolvido dos Artigos 206 e 213 por unanimidade de votos.

Leia tudo sobre: ABCPalmeirasFrasqueirãoMPinquérito civilsérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas