Marcelo Oliveira vê Cruzeiro ansioso e cobra futebol mais simples

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Para o treinador, time só não construiu um placar mais elástico contra o Cruzeiro porque abusou das jogadas individuais

Divulgação/Vipcomm
Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro

O técnico Marcelo Oliveira afirmou que mais importante que jogar bem era o Cruzeiro vencer o jogo desta quarta-feira contra o Fluminense, no Mineirão. Para o treinador, a necessidade de ganhar a partida gerou ansiedade nos jogadores e atrapalhou um pouco a equipe.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Era importantíssimo ganhar hoje, e isso criou uma certa ansiedade. Tinhamos o controle do jogo muito bom no primeiro tempo, com volume, chegando, e por ansiedade estávamos errando passes para chegar ao gol do adversário. Fizemos o gol cedo, mas levamos alguns contra-ataques. No segundo tempo, o Fluminense aproveitou um pouco essa ansiedade, os erros de passe para chegar. Foi um jogo mais dramático, sofrido por conta disso", declarou.

Na avaliação de Marcelo Oliveira, o Cruzeiro só não construiu um placar mais elástico porque abusou das jogadas individuais. Segundo ele, o ideal seria tocar a bola com mais rapidez e apresentar movimentação, o que a equipe teve chances de fazer e não executou com eficiência.

"Não ampliamos por nossa culpa mesmo. Complicamos o jogo na medida em que queríamos fazer a jogada carregando muito a bola. O futebol fica mais simples e mais fácil quando você toca a bola rápido, com dois toques, movimentação, e tivemos a oportunidade de fazer isso várias vezes, e por pouco não complicamos um jogo que no inicio parecia tranquilo", disse.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: cruzeirobrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas