Leandro Euzébio pede atitude da diretoria do Fluminense contra arbitragem

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Juiz anunciou três minutos de acréscimo em Belo Horizonte, durante a derrota para o Cruzeiro, mas encerrou o jogo com trinta segundos a menos

Pela quinta vez nas últimas sete rodadas, o Fluminense terminou um jogo no Campeonato Brasileiro com cartões vermelhos na conta. Nesta quarta-feira, o time carioca visitou o Cruzeiro no Mineirão e buscava reverter a derrota por 1 a 0 quando Rafael Sobis cometeu falta por trás, foi expulso e esfriou a reação carioca.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atacante já havia recebido cartão amarelo no primeiro tempo por reclamar de falta supostamente não marcada por Paulo Godoy Bezerra. Na reta final da etapa complementar, o Flu era melhor do que o líder do Brasileirão e estava próximo do empate, mas Sobis resolveu derrubar Dagoberto e levou o segundo amarelo para ir ao chuveiro mais cedo.

Confira a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O juiz, então, anunciou três minutos de acréscimo em Belo Horizonte, mas encerrou o jogo com trinta segundos a menos. A atitude revoltou os tricolores, que logo partiram para reclamação acintosa. A polícia foi acionada pelo trio de arbitragem e após discussão ríspida o experiente meia Felipe também recebeu o cartão vermelho.

Um dos envolvidos na confusão, o zagueiro Leandro Euzébio pediu a ajuda dos dirigentes contra os árbitros: "O juiz teve dois lances que poderia dar cartão para equipe deles e não deu. Ficou amarrando, embaralhando nossa equipe marcando faltas. É um absurdo isso. Nossa diretoria precisa tomar uma atitude sobre isso mais rápido possível".

A reclamação do defensor se deve ao histórico recente do Fluminense no Campeonato Brasileiro. O time terminou desfalcado nas últimas sete partidas da competição, a começar pela expulsão de Rafinha no empate em 1 a 1 com o Coritiba. Depois, Fabio Braga, na derrota por 1 a 0 para o Internacional, e Biro Biro, no empate em 1 a 1 com o Grêmio, também receberam o vermelho, além de Rafael Sobis e Felipe nesta quarta-feira.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: fluminensebrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas