Kleina isenta Marcos Vinícius por falha em gol do Icasa e lamenta os desfalques

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A estreia do jovem entre os profissionais do Palmeiras também não reserva boas lembranças ao torcedor do clube. Foi na goleada histórica sofrida diante do Mirassol, por 6 a 2

O técnico Gilson Kleina está preocupado com a possibilidade de o zagueiro Marcos Vinícius ficar marcado negativamente no Palmeiras. O garoto, que já havia participado diretamente do vexame por 6 a 2 diante do Mirassol, voltou a ter uma infelicidade na derrota por 1 a 0 para o Icasa, nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

No entanto, o treinador alega que o atleta não pode ser apontado como o culpado pelo tropeço. "A responsabilidade é minha, o erro não foi só dele. O Marcelo (Oliveira) chutou a bola nele, e não podemos colocar tudo nas costas do garoto", comentou o técnico.

Miséria.com/Futura Press
Palmeiras perdeu do Icasa no Ceará

Na partida desta terça, o Icasa balançou as redes aos 29 minutos do primeiro tempo. Marcelo Oliveira tentou afastar a bola na intermediária com um chutão, mas acertou em Marcos Vinícius, e a sobra ficou para Juninho Potiguar superar Fernando Prass.

Desfigurado, Palmeiras exagera nos erros e perde para Icasa por 1 a 0

Com a desvantagem no placar, Kleina tirou o zagueiro para colocar o meia Felipe Menezes no intervalo. Mesmo assim, o técnico negou que tenha sacado o garoto da partida por conta da falha no gol.

"Falei para ele que eu estava tirando-o porque nosso time estava atrás. Todo mundo vai se lembrar desse jogo, futebol é assim, mas tinha mais gente na jogada com ele. O Marcelo também estava fazendo bem a função como terceiro (zagueiro) e estávamos ganhando bem a primeira bola. Infelizmente, chutamos um no outro e a bola resvalou", acrescentou.

A estreia de Marcos Vinícius entre os profissionais do Palmeiras também não reserva boas lembranças ao torcedor do clube. Em março, o jogador fez seu primeiro jogo justamente contra o Mirassol e marcou um gol contra aos 40 segundos de partida, que terminou com a goleada por 6 a 2 do clube do interior.

Técnico lamenta os desfalques

Depois de ter visto seu time errar muito na defesa e também mostrar falta de qualidade na frente, o treinador só pôde lamentar o resultado negativo nesta Série B do Campeonato Brasileiro.

"Fico triste por não poder dar alegria ao torcedor, que nos deu alegria aqui. O Icasa simplificou e até usou muito das faltas, mas não fizemos um grande jogo, criamos muito pouco e demos o gol, porque erramos. Quando o jogo está ruim, também não podemos facilitar as coisas", afirmou.

No jogo em Juazeiro do Norte, Kleina não pôde contar com nove jogadores: Valdivia, Henrique e Eguren seguem com as seleções de Chile, Brasil e Uruguai, enquanto Vilson, Mendieta, Márcio Araújo, Wendel e Tiago Alves não tiveram condições clínicas. Por fim, Charles cumpriu suspensão automática.

"Quando vem com muitos desfalques e o tempo é curto, fica difícil, mas temos de solucionar, sempre olhando para frente. Sabia que não teria ritmo para alguns jogadores, mas pegamos uma equipe que marcou muito forte e não podemos tirar o mérito deles", acrescentou o treinador.

No intervalo, Gilson Kleina tirou o zagueiro Marcos Vinícius para a entrada do meia Felipe Menezes. No decorrer da etapa final, Vinícius e Caio entraram nos lugares de Ananias e Leandro, mas nada puderam fazer.

"Nós tentamos, mas ficamos fragilizados no fim para contra-ataques. Vamos analisar bem a derrota, porque o tempo é curto e temos de jogar mais uma vez fora. Precisamos do resultado lá", completou o técnico, já pensando no confronto com o Bragantino, no sábado, em Bragança Paulista.

Leia tudo sobre: palmeirasgilson kleinaigspsérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas