Mancini comemora vitória do Furacão em jogo duro contra a Portuguesa

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Prevendo mais uma pedreira no meio de semana, diante do Atlético-MG, o técnico já traça metas para a reta final e espera começar bem, fazendo a lição de casa na Vila Capanema

Giuliano Gomes/Gazeta Press
Ajoelhado, Marcelo comemora o gol do Atlético-PR sobre a Portuguasa, marcado logo no início do jogo

O jogo foi duro, mas o Atlético Paranaense fez sua parte em casa e bateu a Portuguesa por 1 a 0, mantendo sua vantagem dentro do G-4 do Campeonato Brasileiro 2013 na busca pela vaga para a Libertadores da América. O técnico Vagner Mancini garante que o sufoco já era esperado pelo momento da Lusa , o que dá ainda mais simbolismo ao resultado.

Atlético-PR é o 4º colocado. Confira a classificação e os próximos jogos 

"Tinha alertado aos atletas que talvez seria o jogo mais difícil nestes últimos que tivemos. Não vencemos um adversário fraco. A Portuguesa vive um momento difícil porque no começo do campeonato não pontuou da maneira como desejava", avaliou o treinador, que exaltou os três pontos conquistados em um momento importante . "Chegamos a 48 pontos, mantivemos a distância de oito, e é isso o que importa", completou.

Prevendo mais uma pedreira no meio de semana, diante do Atlético Mineiro, Mancini já traça metas para a reta final da competição e espera começar bem, fazendo a lição de casa na Vila Capanema.

"Estamos entrando em uma fase do campeonato em que os jogos serão mais difíceis, mais disputados. Entramos em uma reta decisiva. Sabemos que talvez cinco vitórias possam nos dar uma vaga no G-4. Vamos jogo a jogo", concluiu.

Leia tudo sobre: atlético-prbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas