Irritada com expulsão, diretoria do Vasco pode aplicar multa em Willie

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia-atacante foi advertido após empurrar o árbitro durante a derrota para o Criciúma

Otávio de Souza/ Agif/Gazeta Press
Willie pode ser punido por expulsão

A expulsão durante a partida contra o Criciúma, no último domingo, pode render punição a Willie. Embora não admita publicamente, a diretoria do Vasco ficou irritada com o episódio e deve punir o jogador e multá-lo. 

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Questionado após a derrota por 3 a 2, o técnico Dorival Júnior demonstrou insatisfação com o comportamento do meia-atacante. "A expulsão foi fundamental e acabou propiciando a vitória ao Criciúma. Isso não podemos negar. Em um campeonato desgastante, com jogos no meio e no fim de semana, o desgaste é grande quando se tem um jogador a menos, ainda mais quando se está perdendo o jogo. Situações como essa precisam ser trabalhadas, internamente, é claro. Não converso com os jogadores após as partidas pois o clima está quente. Mas a conversa vai acontecer, não dá para fugir disso", afirmou o comandante. 

Confira a tabela de classificação do Brasileirão

Willie foi advertido com o cartão amarelo após interromper um contra-ataque do adversário com falta. Ao perceber o cartão, o jogador vascaíno empurrou o árbitro André Luiz de Freitas Castro, que o expulsou em seguida. Willie ainda tentou se desculpar, mas não dava mais tempo.

Além dele, o Vasco ainda tem problemas no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O próprio comandante Dorival Júnior e o meia Juninho Pernambucano podem ser julgados por conta de atitudes consideradas antidesportivas.

Nesta quinta-feira, o Vasco busca a reação no Campeonato Brasileiro  às 21h (de Brasília), quando enfrenta o Goiás, em Macaé (RJ), pela 28ª rodada. Para a partida, o zagueiro Jomar volta de suspensão e o lateral-esquerdo Yotún retorna da seleção peruana. Com dores na panturrilha direita, Juninho ainda depende da liberação dos médicos.

Torcida protesta

Fora de campo, os muros de São Januário apareceram pichados com ameaças ao presidente Roberto Dinamite. Quem passou pelo local nesta segunda viu escrita a frase: "Roberto Dinamite, saia do Vasco por bem ou tiraremos você por mal", que teve a assinatura "Família vascaína".

Leia tudo sobre: VascoWilliebrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas