Goiás marca três gols no primeiro tempo, vence o Bahia e alcança oitava posição

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time goiano construiu o resultado ainda na etapa inicial e manteve o sonho de brigar por um lugar no G4 do Brasileirão. Já os baianos seguem próximos da zona de rebaixamento

Futura Press/Carlos Costa
O atacante Walter corre para festejar o primeiro gol do Goiás diante do Bahia, no Serra Dourada

Com três gols marcados no primeiro tempo, o Bahia encaminhou a vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, neste domingo, em partida disputada no Serra Dourada, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. No segundo tempo, apesar de terem perdido Neto, expulso aos nove minutos, os baianos encontraram forças para marcar um gol, mas o que poderia se transformar em recuperação histórica não passou de ameaça.

Veja a classificação, tabela de jogos, notícias e artilharia do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Goiás chegou aos 40 pontos e manteve a possibilidade de brigar por um lugar no G4. Já o Bahia parou nos 36 e permanece a quatro da zona de rebaixamento.

O Bahia volta a campo na próxima quarta-feira, quando fará outro jogo fora, diante do Flamengo, no Maracanã. No dia seguinte, o Goiás enfrenta o Vasco no estádio Moacyrzão, em Macaé.

Veja fotos dos jogos da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013

Seedorf e Elias durante clássico entre Botafogo e Flamengo. Foto: Flickr/Botafogo F.R.Rafael Marques e Elias disputam a bola no clássico do Maracanã. Atacante marcou o segundo gol do Botafogo. Foto: Dhavid Normando/FuturapressO meia Gegê corre para festejar com os reservas do Botafogo o gol de empate no clássico contra o Flamengo. Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta PressHernane (à esq) e Carlos Eduardo comemoram o gol do Flamengo, o primeiro no clássico do Maracanã, contra o Botafogo. Foto: Dhavid Normando/FuturapressAjoelhado, Marcelo Cirino comemora o gol do Atlético-PR sobre a Portuguasa, marcado logo no início do jogo. Foto: Giuliano Gomes/Gazeta PressO atacante Walter corre para festejar o primeiro gol do Goiás diante do Bahia, no Serra Dourada. Foto: Futura Press/Carlos CostaCabisbaixo, o são-paulino Rogério Ceni volta ao seu gol, após perder pênalti contra o Corinthians. Foto: Futura Press/Léo PinheiroCássio defendeu a cobrança de pênalti de Rogério Ceni no final do clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansCássio comemora a defesa de pênalti contra o São Paulo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansTite e Cássio após o 0 a 0 do Corinthians no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO são-paulino Aloíso e o corintiano Paulo Andrpe brigam pela posse de bola no clássico do Morumbi. Foto: Luís Moura/Gazeta PressTorcedores do São Paulo enfrentam os policiais na arquibancada do Morumbi. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta PressAdemilson tenta passar pela marcação dos corintianos Emerson e Alessandro. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressO atacante Fernandinho, do Atlético-MG chuta para defesa do goleiro Fábio, do Cruzeiro. Foto: Futura Press/Cristiane MattosO atacante Fernandinho vibra após marcar o gol da vitória do Atlético-MG no clássico contra o Cruzeiro. Foto: Flickr/Atltético-MGWellington Paulista comemora seu primeiro gol no duelo entre Criciúma e Vasco. Foto: Fernando Ribeiro/Futura PressO atacante André comemora seu gol pelo Vasco, que no entanto acabou perdendo para o Criciúma por 3 a 2. Foto: Flickr/Vasco da GamaApós marcar o primeiro gol do Internacional, D'Alessandro corre para festejar seu gol. Foto: Luiz Munhoz/Gazeta PressRicardo Berna voa, mas não consegue defender o chute de D'Alessandro no primeiro gol do Internacional diante do Náutico. Foto: Divulgação/NáuticoLins é abraçado pelos compamheiros após marcar o segundo gol do Criciúma diante do Vasco. Foto: Fernando Ribeiro/Futura PressTorcedores do Cruzeiro brigaram entre eles antes do clássico contra o Atlético-MG no estádio Independência. Foto: Yuri Edmundo/Gazeta PressWillian e Lucas Silva cercam Diego Tardelli durante o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro. Foto: Paulo Fonseca/FuturapressSão-paulinos queimam camisa do Corinthians dentro do Morumbi. Foto: Marcello Zambrana/Inovafoto/Gazeta PressÔnibus do Corinthians chega ao Morumbi para o clássico contra o São Paulo. Foto: Mauro Horita/Agif/Gazeta PressDe volta à equipe, o argentino Montillo também marcou seu gol para o Santos diante da Ponte Preta. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressEverton Costa marcou o primeiro gol da vitória do Santos sobre a Ponte Preta. Foto: Gazeta Press/MAURO HORITAGeraldo marcou o gol de honra do Coritiba em Salvador . Foto: Romildo de Jesus/Futura PressMarquinhos marcou o primeiro gol do Vitória sobre o Coritiba. Foto: Edson Ruiz/Gazeta PressBressan comemora o gol do Grêmio contra o Fluminense no Maracanã. Foto: Pedro Martins/Agif/Gazeta PressRafael Sóbis marcou o gol de empate do Flu no final do jogo. Foto: PhotocameraRafael Sóbis comemora o gol de empate do Fluminense contra o Grêmio. Foto: Ricardo Ayres/PhotocameraBiro-Biro e Pará em lance de Fluminense x Grêmio no Maracanã. O jogador do Flu foi expulso. Foto: Ricardo Ayres/Photocamera

O jogo
Logo no primeiro minuto do jogo, o Goiás chegou pelo lado esquerdo. William Matheus cruzou para Rodrigo Sasha, que não acertou a bola em cheio e facilitou a defesa de Omar. Dois minutos depois, Diones cruzou para Fernandão, que obrigou Renan a fazer boa defesa e mandar para escanteio.

No lance seguinte, o Esmeraldino abriu o placar. Walter escorou lançamento de cabeça, Eduardo Sasha avançou livre pela direita, entrou na área e chutou. A finalização saiu sem direção, mas Hugo, dentro da pequena área, empurrou para o fundo do gol.

Soberano na partida, o Goiás transformou o maior volume de jogo em novo gol aos 31 minutos. Vitor deu lançamento na medida para Walter, que saiu livre na frente de Omar e, com um toque sutil, encobriu o goleiro tricolor para ampliar o marcador.

Cinco minutos mais tarde, o Bahia conseguiu assustar novamente o Goiás. William Barbio aproveitou sobra após cobrança de falta e chutou de primeira, obrigando Renan a espalmar a bola. No rebote, auxiliar marcou impedimento do ataque tricolor.

Os esmeraldinos ampliaram o placar aos 38 minutos. Hugo recebeu na esquerda e finalizou com força para o gol. No rebote de Omar, Eduardo Sasha, livre de marcação, completou para o gol.

O Bahia voltou mais ofensivo para a segunda etapa. Cristóvão Borges promoveu a entrada do centroavante Souza na lugar do volante Diones. E aos sete minutos, o Tricolor criou a primeira chance na primeira etapa. Fernandão recebeu cruzamento e cabeceou firme para o gol. A bola passou com perigo ao lado da trave esquerda.

A situação do Bahia se complicou ainda mais aos nove minutos, quando Neto deu um carrinho violento no meia Roni e recebeu o cartão vermelho direto.

O Bahia aproveitou uma das poucas vezes em que teve espaço para trocar passes e chegou ao gol. Souza recebeu de costas para o gol e ajeitou para William Barbio, que entrou na área e chutou com força para o fundo das redes.

O Goiás ainda perdeu duas chances de transformar a vitória em goleada. Já nos acréscimos, Eduardo Sasha acertou a trave e Walter obrigou Omar a fazer boa defesa.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 3 X 1 BAHIA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 13 de outubro de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias e Rener Santos de Carvalho

Cartões amarelos: Tite (Bahia) e Thiago Mendes (Goiás)

Cartões vermelhos: Neto (Bahia)

Gols: GOIÁS: Hugo, aos quatro minutos do primeiro tempo, Walter, aos 31 minutos do primeiro tempo e Eduardo Sasha, aos 38 minutos do primeiro tempo
BAHIA: William Barbio, aos 23 minutos do segundo tempo

GOIÁS: Renan; Vitor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral (Juliano), Thiago Mendes, Hugo (Dudu Cearense), Roni (Renan Oliveira) e Eduardo Sasha; Walter
Técnico: Enderson Moreira

BAHIA: Omar; Neto, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Diones (Souza) e Hélder; Wallyson (Fabrício Lusa), William Barbio (Anderson Talisca) e Fernandão
Técnico: Cristóvão Borges

Leia tudo sobre: bahiagoiasbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas