Santos toma susto no fim, mas vence a Ponte e sobe na tabela do Brasileirão

Por iG São Paulo * | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com gols de Everton Costa e Montillo, time santista bate campineiros por2 a 1 e chega ao sexto lugar na classificação. Já a Ponte Preta permanece na zona de rebaixamento

Na primeira partida que mandou fora da Vila Belmiro neste Campeonato Brasileiro, o Santos derrotou a Ponte Preta, vice-lanterna da competição, no Pacaembu, por 2 a 1, e terminou este sábado na sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 39 pontos conquistados. O time campineiro estacionou nos 26 pontos e pode ver a distância para a saída da zona de rebaixamento aumentar até o fim da 28ª rodada.

Confira as imagens da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro

Seedorf e Elias durante clássico entre Botafogo e Flamengo. Foto: Flickr/Botafogo F.R.Rafael Marques e Elias disputam a bola no clássico do Maracanã. Atacante marcou o segundo gol do Botafogo. Foto: Dhavid Normando/FuturapressO meia Gegê corre para festejar com os reservas do Botafogo o gol de empate no clássico contra o Flamengo. Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta PressHernane (à esq) e Carlos Eduardo comemoram o gol do Flamengo, o primeiro no clássico do Maracanã, contra o Botafogo. Foto: Dhavid Normando/FuturapressAjoelhado, Marcelo Cirino comemora o gol do Atlético-PR sobre a Portuguasa, marcado logo no início do jogo. Foto: Giuliano Gomes/Gazeta PressO atacante Walter corre para festejar o primeiro gol do Goiás diante do Bahia, no Serra Dourada. Foto: Futura Press/Carlos CostaCabisbaixo, o são-paulino Rogério Ceni volta ao seu gol, após perder pênalti contra o Corinthians. Foto: Futura Press/Léo PinheiroCássio defendeu a cobrança de pênalti de Rogério Ceni no final do clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansCássio comemora a defesa de pênalti contra o São Paulo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansTite e Cássio após o 0 a 0 do Corinthians no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO são-paulino Aloíso e o corintiano Paulo Andrpe brigam pela posse de bola no clássico do Morumbi. Foto: Luís Moura/Gazeta PressTorcedores do São Paulo enfrentam os policiais na arquibancada do Morumbi. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta PressAdemilson tenta passar pela marcação dos corintianos Emerson e Alessandro. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressO atacante Fernandinho, do Atlético-MG chuta para defesa do goleiro Fábio, do Cruzeiro. Foto: Futura Press/Cristiane MattosO atacante Fernandinho vibra após marcar o gol da vitória do Atlético-MG no clássico contra o Cruzeiro. Foto: Flickr/Atltético-MGWellington Paulista comemora seu primeiro gol no duelo entre Criciúma e Vasco. Foto: Fernando Ribeiro/Futura PressO atacante André comemora seu gol pelo Vasco, que no entanto acabou perdendo para o Criciúma por 3 a 2. Foto: Flickr/Vasco da GamaApós marcar o primeiro gol do Internacional, D'Alessandro corre para festejar seu gol. Foto: Luiz Munhoz/Gazeta PressRicardo Berna voa, mas não consegue defender o chute de D'Alessandro no primeiro gol do Internacional diante do Náutico. Foto: Divulgação/NáuticoLins é abraçado pelos compamheiros após marcar o segundo gol do Criciúma diante do Vasco. Foto: Fernando Ribeiro/Futura PressTorcedores do Cruzeiro brigaram entre eles antes do clássico contra o Atlético-MG no estádio Independência. Foto: Yuri Edmundo/Gazeta PressWillian e Lucas Silva cercam Diego Tardelli durante o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro. Foto: Paulo Fonseca/FuturapressSão-paulinos queimam camisa do Corinthians dentro do Morumbi. Foto: Marcello Zambrana/Inovafoto/Gazeta PressÔnibus do Corinthians chega ao Morumbi para o clássico contra o São Paulo. Foto: Mauro Horita/Agif/Gazeta PressDe volta à equipe, o argentino Montillo também marcou seu gol para o Santos diante da Ponte Preta. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressEverton Costa marcou o primeiro gol da vitória do Santos sobre a Ponte Preta. Foto: Gazeta Press/MAURO HORITAGeraldo marcou o gol de honra do Coritiba em Salvador . Foto: Romildo de Jesus/Futura PressMarquinhos marcou o primeiro gol do Vitória sobre o Coritiba. Foto: Edson Ruiz/Gazeta PressBressan comemora o gol do Grêmio contra o Fluminense no Maracanã. Foto: Pedro Martins/Agif/Gazeta PressRafael Sóbis marcou o gol de empate do Flu no final do jogo. Foto: PhotocameraRafael Sóbis comemora o gol de empate do Fluminense contra o Grêmio. Foto: Ricardo Ayres/PhotocameraBiro-Biro e Pará em lance de Fluminense x Grêmio no Maracanã. O jogador do Flu foi expulso. Foto: Ricardo Ayres/Photocamera


Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Everton Costa, aos 45 minutos do primeiro tempo, abriu o caminho para a vitória santista, em seu primeiro gol com a camisa do time alvinegro. Montillo, aos 24 da segunda etapa, marcou o segundo. Rafael Ratão, aos 44 do segundo tempo, diminuiu para a Ponte.

Esta foi a primeira vitória do Peixe sobre a Ponte Preta em 2013. Até então, haviam sido duas derrotas: uma na fase de classificação do Campeonato Paulista, por 3 a 1, e outra no primeiro turno do Brasileirão, por 1 a 0.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Internacional na Vila Belmiro, sem o lateral direito Cicinho, que foi expulso neste sábado após retardar cobrança de lateral e receber o segundo cartão amarelo. No mesmo dia, a Macaca enfrenta o Coritiba no Moisés Lucarelli, desfalcada do meia Elias, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Peixe.

O jogo

A Ponte começou a partida tentando surpreender o Santos. Logo na saída de bola, Rildo recebeu na esquerda, avançou contra a marcação de Cicinho e sofreu falta. Além da cobrança da bola parada, a Macaca teve uma sequência de dois escanteios, em que levou perigo ao gol de Aranha.

A primeira chance clara de gol foi criada pelo time de Campinas, aos 26 minutos. Após cruzamento de escanteio, Ferron subiu e cabeceou a bola com força no meio do gol. Aranha teve de se esticar para mandar a bola por cima do travessão e salvar o Santos.

Também pelo alto o Santos quase abriu o placar. Livre de marcação, Gustavo Henrique aproveitou cruzamento de Montillo e cabeceou forte. Bola passou por cima do gol, triscando o travessão.

Aos 45 minutos, no último lance de ataque do primeiro tempo, o placar foi aberto. Montillo cobrou falta da intermediária na cabeça de Everton Costa, que, com um sutil desvio de cabeça, tirou o goleiro Roberto da jogada e marcou para o Santos. Foi o primeiro gol do atacante pelo Alvinegro Praiano.

Aproveitando-se da vantagem no marcador, o Santos voltou para a segunda etapa com uma postura diferente, e passou a defender com todos os jogadores posicionados no campo de defesa, esperando o melhor momento para contra-atacar.

A primeira boa chegada da equipe santista na segunda etapa foi somente aos 21 minutos. Em rápida jogada, Cicinho recebeu de Montillo e finalizou de primeira. Roberto, bem colocado, agarrou a bola sem dificuldades.

O esperado contra-ataque para o Santos surgiu aos 24 minutos, e foi mortal. Cícero dominou a bola atrás do meio de campo, deu um chapéu em Ferron, ganhou de Diego Sacoman na velocidade e rolou para Montillo, que, com categoria, completou para o gol.

Algumas das melhores oportunidades da Macaca no segundo tempo surgiram dos pés de Fellipe Bastos. Três chutes de falta e um remate de fora da área assustaram o goleiro Aranha. Aos 32 minutos, William perdeu a chance mais clara. O vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro recebeu livre na pequena área, dominou tirando de Aranha, mas viu Cicinho evitar o gol com um carrinho providencial.

Aos 44 minutos, a Ponte conseguiu diminuir o prejuízo. Rafael Ratão se aproveitou de falha geral da defesa santista, saiu cara a cara com Aranha e só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes.

A Ponte ainda quase chegou ao gol de empate. Aranha salvou o Santos em lance frente a frente com William. Pouco depois, o time de Campinas teve nova chance em bola aérea.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Municipal do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 12 de outubro de 2013, sábado
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Fabrício Porfírio de Moura (ambos de SP)

Cartões amarelos: Edu Dracena, Alison, Leandrinho e Cicinho (Santos); Elias, Ferron e Edson Bastos (Ponte Preta)

Cartões vermelhos: Cicinho (Santos)

GOLS: SANTOS: Everton Costa, aos 45 minutos do primeiro tempo e Montillo, aos 24 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: Rafael Ratão, aos 44 minutos do segundo tempo

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson Palmieri; Alison (Alan Santos), Arouca, Cícero e Montillo (Leandrinho); Thiago Ribeiro e Everton Costa (Victor Andrade)
Técnico: Claudinei Oliveira

PONTE PRETA: Roberto; Régis, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Alef (Leonardo), Fellipe Bastos e Elias (Adrianinho); Rildo (Rafael Ratão) e William
Técnico: Jorginho

Leia tudo sobre: santosponte pretaBrasileirãoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas