Oswaldo de Oliveira volta ao trabalho e deve comandar o Botafogo no clássico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Treinador estava afastado após sentir uma arritimia cardíaca há uma semana e confirmou presença no banco de reservas na partida contra o Flamengo

Divulgação/Botafogo
Oswaldo de Oliveira comandou o último treino do Botafogo antes do clássico contra o Flamengo

Oswaldo de Oliveira está de volta. Ausente da partida diante do Náutico, no último meio de semana, após ter sofrido uma arritmia cardíaca durante o jogo contra o Grêmio, no Rio de Janeiro, o treinador do Botafogo comandou, neste sábado, o seu primeiro treinamento depois do susto que deu na torcida alvinegra. Não bastasse isto, o comandante garantiu presença à frente do banco de reservas do clube de General Severiano no clássico deste domingo, contra o Flamengo, no Maracanã.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com um sorriso constante e sua característica tranquilidade, Oswaldo vestiu um boné e foi a campo. Comandou um treinamento tático, fechado à imprensa, e depois conversou separadamente com alguns atletas. Em seguida, já durante sua entrevista coletiva, revelou que estará à beira do gramado do Maracanã neste domingo, e agradeceu o apoio enquanto esteve afastado.

Veja ainda: Recuperando-se de cirurgia, lateral Lucas retorna aos treinos do Botafogo

"Eu vou para o jogo", disse, antes de gratificar o carinho dos fãs. "Quero agradecer todo mundo que mandou mensagem, aos amigos e conhecidos até do Japão pelas orações. O evento não teve tanto motivo para preocupação, pois foi uma coisa simples. Por precaução, acharam melhor que ficasse até a noite sob cuidados no hospital e fora até quarta-feira por prudência. Fiz os exames cabíveis e está tudo bem. Fiquei o tempo todo tranquilo e consciente. Não tive razão para temer nada ou viver um filme de terror. Acabou sendo uma comédia muito boa, que terminou com a vitória em Recife", declarou.

Oswaldo ainda disse que o seu afastamento pode ter sido bom para o Botafogo. Isto porque, como não comandou o time diante do Náutico, assistiu à partida pela televisão e conseguiu observar erros da equipe que serão corrigidos nas próximas rodadas. "Gostei de ter um outro ponto de vista, com a chance de corrigir algumas coisas que precisava e não dá para fazer na beira do campo. Nem com as edições de jogos, pois é um tempo curto e não tem uma visão mais ampla. Estou pensando em acompanhar o primeiro tempo de cima e descer depois", revelou.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Se, por um lado, Oswaldo de Oliveira volta ao Botafogo, por outro, um importante jogador desfalcará o time carioca nos próximos dias. O atacante Elias, titular antes de sofrer com algumas contusões, teve nova lesão muscular na coxa esquerda constatada após exame realizado na última sexta-feira e será baixa por tempo indeterminado. Ele já havia sofrido uma contusão no mesmo local na derrota para o Bahia, ficando de fora de quatros jogos.

De volta no confronto diante do Náutico, ele foi substituído ainda no primeiro tempo após voltar a sentir dores no local. Com a ausência de Elias, o técnico Oswaldo de Oliveira conta agora com os atacantes Bruno Mendes, Henrique, Alex e Sassá no elenco, além de Rafael Marques, que vem atuando como meia.

Leia tudo sobre: Oswaldo de Oliveirabotafogobrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas