Gol de cabeça de Cris decretou a derrota dos tricolores no clássico carioca disputado em Florianópolis

O Fluminense dominou a posse de bola durante todo o primeiro tempo na Ressacada, mas foi para o intervalo derrotado pelo Vasco da Gama com gol de cabeça de Cris. A pressão aumento na etapa complementar, mas o 1 a 0 se manteve no placar para desespero dos tricolores, irritados com o descuido defensivo logo no início do clássico.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Os vascaínos abriram o placar na capital catarinense aos 11 minutos de jogo, lance de bola parada pela meia direita. O volante Fillipe Soutto cobrou falta no miolo de zaga do Flu, que apenas assistiu ao salto do veterano Cris. O beque cabeceou no canto direito e deixou o jovem Kléver, substituto de Diego Cavalieri, vendido. "Infelizmente o ele foi mais rápido e fez o gol", explicou o goleiro.

Veja fotos dos jogos da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro:


"Nossa desatenção foi evidente no primeiro gol, mas depois eles não quiseram mais jogar. Agora é trabalhar pensando na próxima rodada", disparou sem meias palavras Leandro Euzébio, que no intervalo da partida também reclamou do excesso de faltas assinaladas pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães. O defensor, inclusive, recebeu o terceiro amarelo e não enfrenta o Grêmio no sábado, às 18h30 (de Brasília) no Maracanã.

"Em bola parada, para sair gol, tem que ter falha de alguém, em uma movimentação ou no posicionamento. Nós treinamos bastante, mas acontece. Vamos estudar esse lance, como é feito em todos os jogos, ver os erros que houve, e tentar arrumar", alertou o auxiliar Júnior Lopes, que comandou a equipe devido à suspensão de Vanderlei Luxemburgo.

Para o meia Felipe, que entrou no intervalo da partida na vaga do garoto Igor Julião, a falta de atenção nos minutos iniciais castigaram o time das Laranjeiras em Santa Catarina. "Sabíamos que era um jogo crucial, que seria decidido em detalhes. E demos mole na bola parada. Aí fica duro de correr atrás em um clássico", condenou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.