"Eu sabia da importância desse jogo para mim e consegui mostrar que posso ser o titular no ano que vem", disse Denis após os 2 a 0 sobre o Cruzeiro

A noite de quarta-feira foi mais longa para Denis, em Belo Horizonte. Depois de ajudar a garantir a vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Cruzeiro , o substituto de Rogério Ceni passou a madrugada assistindo ao videoteipe da partida no Mineirão e recebendo telefonemas de parentes.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Cheguei ao hotel e pude assistir à reprise do jogo. Demorei um pouquinho para dormir. Várias pessoas, familiares, estavam me dando parabéns pela atuação. Fico feliz de ter deixado a torcida e meus familiares felizes também", disse o goleiro, no retorno à capital paulista.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Denis foi o titular porque o dono da posição havia recebido o terceiro cartão amarelo na rodada passada e cumpria suspensão. Apesar de o Cruzeiro não ter tido um brilhante desempenho no Mineirão, o camisa 12 fez defesas importantes, em especial no primeiro tempo.

Leia mais:  Ceni cumpre promessa, vai a BH e vê reserva ter boa atuação contra Cruzeiro

"Acho que foi um bom jogo. Deixei uma impressão muito boa e fico muito feliz de ter a confiança de todos", falou, na tarde desta quinta-feira. "Eu sabia da importância desse jogo para mim e consegui mostrar que posso ser o titular no ano que vem. Tenho certeza de que se eu tiver essa chance vou agarrar da melhor forma possível".

Veja também: São Paulo desbanca o Cruzeiro no Mineirão e se garante fora da degola

Ao que tudo indica, ele deverá ter essa chance. Ceni tem contrato até o final desta temporada e promete se aposentar depois disso. Antes, porém, o capitão se vê na obrigação de tentar ajudar seus companheiros mesmo suspenso - viajou à capital mineira, inclusive, para incentivar o elenco.

"Como sempre, pelo líder e ídolo que é, conversou com a gente, nos deu bastante apoio e moral, e conseguimos fazer uma boa partida. Ele conversou com todos. O Rogério se dá bem com todo mundo. Quando a gente se reuniu, ele conversou com a gente, como sempre faz", contou Denis, de volta à reserva no domingo, diante do Corinthians.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.