Perto da zona de rebaixamento, Tite diz que emocional vai pesar no clássico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Se triunfar no Morumbi, o São Paulo ultrapassará o Corinthians na tabela e colocará o rival de maneira mais firme na luta contra o rebaixamento à segunda divisão

A rodada do Campeonato Brasileiro de quarta-feira teve vitórias de vários times na luta contra o rebaixamento. O Corinthians, que esperava se aproximar da zona de classificação à Copa Libertadores, somou apenas um ponto e ficou a quatro da faixa da degola à segunda divisão. Tite preferiu evitar projeções.

Corinthians empata com Atlético-PR, perde chance e vê G4 mais longe

Como havia feito antes do empate sem gols com o Atlético-PR, o gaúcho preferiu concentrar seus esforços em fazer o time jogar bem. O objetivo não foi alcançado em Mogi Mirim, e, com sua 12ª igualdade na competição, a formação ficou a nove pontos do quarto colocado.

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Tite orienta equipe do Corinthians

"É pensar no próximo jogo: desempenho e vencer. Fora disso, é especulação para cima e para baixo", afirmou Tite. "As primeiras coisas com que a gente tem que se preocupar são desempenho e vitória, não tem como fugir disso", repetiu o gaúcho, recusando-se a analisar a embolada tabela.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

A distância que separa o sexto colocado do 17º é de apenas cinco pontos. O Corinthians está nesse bolo e, com uma vitória nos últimos 11 jogos, vê a zona de rebaixamento cada vez mais próximo. Perder no domingo significará estar atrás do até outro dia desesperado São Paulo.

"O que temos que fazer é nos preocupar em evoluir, crescer em relação a nós mesmos. Não vou ficar repetindo os nossos problemas, mas vamos ver se a gente encontra a melhor forma", concluiu o comandante alvinegro. A urgência é considerável.

Emocional vai pesar no clássico

O Majestoso de domingo ganhou importância com os resultados da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se triunfar no Morumbi, o São Paulo ultrapassará o Corinthians na tabela e colocará o rival de maneira mais firme na luta contra o rebaixamento à segunda divisão.

Por isso, Tite, que sempre chama o clássico de "campeonato à parte", prevê os nervos aflorados no final de semana. "Talvez o emocional interfira neste momento, sim. As duas equipes não estão vivendo um momento da tradicional grandeza que têm", afirmou.

O São Paulo deu um passo importante na tentativa de permanecer na Série A com uma vitória sobre o disparado líder Cruzeiro no Mineirão. "Eu ouvia dizer que o Cruzeiro já tinha vencido, não é? Pois é, o campeonato é assim. Cada jogo tem um caráter decisivo", disse Tite.A zona da degola atualmente começa pelo Vasco, que tem 32 pontos. Tricolores, que chegaram aos 33 no ótimo triunfo em Belo Horizonte, e alvinegros, que alcançaram 36 no mau empate com o Atlético-PR em Mogi Mirim, esperam dar um passo importante para afastar o risco no Majestoso.

"O São Paulo e o Muricy Ramalho vão trabalhar em função do crescimento deles, assim como nós. Vamos ver as possibilidades para domingo. Posso mudar, ter três atacantes, dois homens de velocidade pelo lado, dois armadores... Cada um vai buscar as suas alternativas", afirmou o comandante do Corinthians.

Leia tudo sobre: TiteCorinthiansBrasileirãoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas