Vitória no clássico de domingo, no Morumbi, iguala os rivais em números de pontos, mas São Paulo leva vantagem no desempate. Para isso, terá de quebrar uma escrita

O São Paulo fez o que poucos achavam possível: venceu o líder Cruzeiro em pleno Mineirão . Se os demais resultados da 27ª rodada do Brasileirão não favoreceram para se distanciar da zona de rebaixamento, ao menos deixou uma possibilidade que pode servir como motivação para o clássico deste domingo. Se vencer o Corinthians, no Morumbi, a equipe de Muricy Ramalho ultrapassará o rival na tabela.

Confira fotos dos jogos da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Com 33 pontos, o São Paulo chegaria aos 36 em caso de vitória. Por já ter mais vitórias no Brasileirão do que o Corinthians, primeiro critério de desempate do campeonato, ficaria à frente na tabela. Por mais que a rodada possa não ser mais uma vez favorável, ao menos sobe um degrau na luta para fugir do rebaixamento à Série B em 2014, deixando o temor maior para o rival, que há menos de um ano se sagrava campeão mundial no Japão, batendo o Chelsea.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Muricy Ramalho já se preocupa com armação no São Paulo para encarar o Corinthians
Rubens Chiri/São Paulo
Muricy Ramalho já se preocupa com armação no São Paulo para encarar o Corinthians

"O Corinthians tem um grande plantel, um grande elenco, história. Vai ser um jogo duríssimo", analisa Muricy. "A gente vai respeitar, como respeitou o Cruzeiro. Vamos jogar no limite. Temos time para jogar só no limite, senão não tem chance. É o que vamos fazer no domingo". 

Para ultrapassar, no entanto, o São Paulo precisa quebrar uma escrita: não vence o Corinthians no Morumbi desde 11 de fevereiro de 2007, por 3 a 1, em duelo válido pelo Campeonato Paulista. Desde então, foram cinco empates e outros cinco triunfos dos rivais em dez embates. O último clássico no estádio ocorreu em julho, jogo de ida da final da Recopa Sul-Americana: 2 a 1 para os alvinegros, que se sagraram campeões posteriormente.

Para o clássico, o técnico Muricy Ramalho perdeu duas peças importantes: o volante Wellington e o meia Paulo Henrique Ganso, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. No entanto, o São Paulo conta com o retorno de seu capitão: Rogério Ceni cumpriu suspensão diante do Cruzeiro e volta ao gol.

"O (lado) ruim é isso. Mas o Ganso estava jogando havia muito tempo pendurado. Vem de muito tempo isso. Como sempre, vamos sentar, conversar, esfriar a cabeça, e ver o que tem (à disposição) para o Corinthians. Temos dificuldades no plantel", falou Muricy. 

*com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.