Claudinei Oliveira comparou o investimento feito pelo clube em 2012 e o desempenho do time com o técnico Muricy Ramalho

Técnico Claudinei Oliveira não considera trabalho ruim no Santos
Flickr/Santos F.C.
Técnico Claudinei Oliveira não considera trabalho ruim no Santos

A falta de regularidade nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro afastou o Santos da briga pelo G4, aumentando a diferença para sete pontos para o Botafogo, quarto colocado. Com isso as críticas contra Claudinei Oliveira aumentaram e o treinador tratou de amenizar a pressão. 

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Para ele, exceto o líder Cruzeiro, as demais equipes não têm conseguido uma boa sequência durante a competição. "Só o Cruzeiro tem mantido a regularidade, por enquanto. Vejam o Botafogo, que caiu bastante. Apenas acho que, às vezes, pintam as coisas piores do que estão", afirmou.

Confira a tabela de classificação do Brasileirão

O Santos ocupa a 8ª colocação, com 36 pontos ganhos, número utilizado pelo comandante para estabelecer uma comparação com o que foi realizado pela equipe. 

"Sabemos que não é a campanha ideal. Nós queríamos mais. Nós pretendíamos ganhar da Portuguesa, mas devemos ressaltar que não jogamos contra ninguém. Após a 26ª rodada do campeonato do ano passado, o Santos perdeu da Portuguesa. No último ano, o Santos precisou de mais rodadas para atingir os 35 pontos", comentou.

Claudinei Oliveira argumentou também que, pela diferença de investimentos entre uma temporada e outra, a campanha do time não pode ser classificada como ruim. "Eu queria estar com 50 pontos ganhos, mas tenho que ter um parâmetro. Ontem (segunda), eu cheguei em casa e olhei, sem fazer juízo do trabalho de ninguém, esse retrospecto. O Muricy (Ramalho, técnico do Santos naquela época) é um cara vencedor, mas pelo investimento que foi feito em 2012, não acho o meu trabalho agora tão desfavorável", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.