"Sabemos que precisamos reverter, mas não podemos jogar por terra o que fizemos até agora", disse o volante Renato em meio à série de cinco jogos sem vitória

Após a sequência negativa de cinco partidas sem vitórias no Campeonato Brasileiro, o Botafogo só tem uma fórmula: o trabalho. O foco da equipe carioca é no duelo importante contra o Náutico. Os atletas do elenco botafoguense garantem esforço para derrotar o adversário, que está em situação complicada na tabela de classificação.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"O Náutico é o último, mas dentro de campo são 11 jogadores. Sabemos a situação do rival, mas temos que buscar essa motivação a mais para vencer. Temos que ir com muita tranquilidade e não achar que vai ser fácil. Para nós, tem que ser de vida ou morte também", disse Renato ao site oficial do clube.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

O volante ainda exalta o bom momento que a equipe teve na competição nacional e destaca que o grupo está unido para superar a má fase. "Estamos buscando essa virada. Sabemos que precisamos reverter, mas não podemos jogar por terra o que fizemos até agora. É seguir nessa linha para subir na tabela. Vamos um jogo difícil, em que a equipe brigará para continuar nas primeiras posições", comenta.

Leia mais:  Com Jefferson na seleção, Renan será titular do Botafogo contra o Náutico

Além da recuperação no Campeonato Brasileiro, a equipe ainda sonha com o título e quer garantir a vaga para a Copa Libertadores do próximo ano. "Desde que cheguei procuro jogar a Libertadores. Para os clubes sul-americanos, é o maior campeonato. Todo mundo sonha conquistar. Se vencer o campeonato, você já está. Nossa luta é para ficar até o fim entre os quatro. Temos que voltar a vencer, o que nos incomoda são as derrotas. Vamos procurar reverter esse retrospecto, mas com cabeça e tranquilidade, nada de desespero", conclui Renato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.