Jogador do Atlético-MG tem recebido elogios do técnico Cuca por assumir a armação da equipe após a lesão de Ronaldinho Gaúcho

Diego Tardelli, atacante do Atlético-MG
Andres Stapff/Reuters
Diego Tardelli, atacante do Atlético-MG

O técnico Cuca optou por escalar Diego Tardelli para exercer a função de Ronaldinho Gaúcho, lesionado, e o jogador tem dado conta dor recado. O próprio treinador do Atlético-MG vem fazendo rasgados elogios ao atacante, que afirma não entender por que não é lembrado para defender a seleção brasileira, comandada por Luiz Felipe Scolari.

Comente esta notícia com outros torcedores

"O que eu fico mais surpreso é isso, talvez só quem está ali não está enxergando o meu momento, venho de um primeiro momento muito bom, e o comentário sempre foi que eu merecia uma chance na seleção", disse Tardelli, principal atleta do Atlético sem Ronaldinho.

Tardelli avalia que pode atuar pela seleção tanto na função de Ronaldinho, armando mais as jogadas, ou pelos lados do campo como atacante. O jogador garante que não vai desistir de ajudar o Brasil e mantém a confiança de ser lembrado por Felipão para disputar a Copa do Mundo .

"Agora novamente profissionais da bola estão pedindo minha convocação. Ainda não desisti, mantenho meus pés do chão, quem sabe o Felipão ou quem está lá dentro possa ver o meu momento", comentou Tardelli, que já viu os companheiros Jô, Marcos Rocha, Réver e Victor serem chamados por Felipão.


* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.