Médico não garante, mas se diz otimista para ter Luis Fabiano contra Corinthians

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Médico do São Paulo disse que confia em recuperação, mas prefere não antecipar retorno

Gazeta Press
Luis Fabiano tem contratura na coxa esquerda e não enfrenta o Cruzeiro nesta quarta-feira

Autor do segundo gol do São Paulo no triunfo por 3 a 2 sobre o Vitória, no último sábado, o centroavante Luís Fabiano está vetado do confronto com Cruzeiro, nesta quarta-feira no Mineirão, por causa de contratura no músculo posterior da coxa esquerda. Entretanto, o departamento médico do clube tricolor confia na possibilidade de o camisa 9 estar em campo no clássico contra o Corinthians, domingo.

Deixe seu comentário para esta notícia

"O Luis terminou a partida de sábado reclamando de dores na região posterior da coxa esquerda, e realizamos uma ressonância magnética nesta segunda-feira que apontou uma lesão. É uma contusão que até podemos arriscar em colocar o atleta em algumas situações, mas o tempo é muito curto e temos visto a intensidade dos jogos. Vamos investir todo nosso trabalho para o clássico. Estou bastante otimista", explicou o médico José Sanchez.

Com a ausência de Luís Fabiano, o treinador Muricy Ramalho será obrigado a fazer alterações no setor ofensivo em relação ao time que entrou em campo contra o Vitória. Reserva contra a equipe rubro-negra, Aloísio é o atleta mais cotado para formar dupla de ataque com Ademílson. Caso não haja surpresas, o camisa 9 deve voltar a aparecer entre os titulares no clássico.

Veja a classificação, tabela de jogos, notícias e a artilharia do Campeonato Brasileiro

"Estou otimista, mas nunca podemos antecipar muitas coisas quando a lesão é muscular. Não liberamos ou vetamos um atleta pelo exame, e sim pela situação do jogador, pelo conforto. Vai depender muito da opinião do Luís. Se ele estiver se queixando que não está normal, temos que respeitar. Teremos cinco dias para tratamento e acho que esse é um tempo bem razoável para uma melhora com tratamento intensivo. Ele está muito a fim", completou Sanchez.

Além de Luís Fabiano, Muricy não contará com o zagueiro Rafael Toloi e o volante Denílson. O defensor não entra em campo desde o último dia 30 de setembro, quando sofreu estiramento no músculo adutor da coxa direita durante a derrota por 1 a 0 contra o Grêmio, no Morumbi. O meio-campista, por sua vez, também está em fase de recuperação de problema muscular na coxa direita. Assim como o centroavante, podem retornar ao time neste domingo.

"O Denílson teve uma contratura um pouco mais importante na coxa direita. Fizemos uma tentativa, ele participou de um coletivo na última semana e reclamou de desconforto. Como ele não estava normal, solicitamos um novo exame, que apontou que o edema aumentou um pouco. Vamos pensar em liberá-lo no final de semana. Tentaremos investir para que eles pelo menos voltem a treinar. A escalação vai depender da comissão", encerrou o médico.

Leia tudo sobre: são paulobrasileirãocorinthiansigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas