Corinthians negocia com Peru e espera ter Guerrero no clássico com o São Paulo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Clube espera que o atacante seja liberado depois da partida contra a Argentina

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Guerrero servirá a seleção peruana nos dias 11 e 15 de outubro

O Corinthians tem encontrado uma compreensão maior na Federação Peruana do que na Confederação Brasileira. Os dirigentes alvinegros estão em contato com cartolas da seleção e acreditam que terão Paolo Guerrero no clássico contra o São Paulo, marcado para 13 de outubro.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

O centroavante está convocado para o fim das Eliminatórias. Já sem chances de classificação para a Copa do Mundo de 2014, o Peru encerrará a sua participação no torneio classificatório em confrontos com a Argentina, fora de casa, em 11 de outubro, e com a Bolívia, em Lima, em 15 de outubro.

Guerrero vai defender o Corinthians no domingo, contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, e embarcará na madrugada de segunda. Se não conseguir a liberação da viagem, o clube crê na possibilidade de o camisa 9 voltar após o primeiro jogo de sua seleção.

"A seleção peruana fez uma gentileza tremenda com a gente. Eles falaram que vão jogar contra a Argentina e fazer a análise da situação em seguida. Tenho quase certeza de que ele será liberado depois dessa partida", afirmou o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Sempre valorizada por Tite, a presença de Guerrero é vista como ainda mais importante porque Alexandre Pato não estará à disposição. Convocado para a Seleção Brasileira para enfrentar Zâmbia e Coreia do Sul, ele se apresentará a Luiz Felipe Scolari já no sábado, ficando fora dos embates com Atlético-MG, Atlético-PR, São Paulo e Grêmio.

"Na minha opinião, é completamente descabido. O jogo da Seleção é no dia 12, um amistoso, contra a Zâmbia, e a apresentação dos atletas é no dia 5. Se fosse contra a Itália, os caras iam se apresentar um ano antes? Na minha humilde opinião, poderia ser diferente", reclamou Andrade.

Leia tudo sobre: GuerreroCorinthians

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas