Léo desabafa depois de marcar contra o São Paulo: “Ouvi muita conversa fiada"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Veterano está no fim da carreira e, na reserva do Santos, confia que ainda pode ajudar o time

Flickr/Santos F.C.
Léo confia que ainda pode ajudar o Santos

Ídolo da torcida do Santos, o experiente Léo teve papel importante na vitória de sua equipe sobre o São Paulo, por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. O jogador de 38 anos, que agora atua como meio-campista, entrou durante o segundo tempo do clássico e marcou o último gol do triunfo santista. Feliz por ter ajudado os seus companheiros, Léo desabafou sobre a sua situação no clube praiano, depois do jogo.

Deixe seu comentário para esta notícia

"Agradeço muito esse gol a duas pessoas: ao Zinho (gerente de futebol santista), que sempre está no meu ouvido dizendo: ‘Léo, trabalha’, e a minha mulher, a Gabriela, que está em Barcelona (trabalhando no staff do atacante Neymar). Eu dedico esse gol a eles", disse o atleta, na saída do gramado da Vila.Léo, que tem contrato até o fim do ano com o time alvinegro e pode se aposentar do futebol ao término desse período, destacou que recebeu apoio de muitas pessoas dentro do Santos, mesmo após ter recebido algumas críticas pelo seu desempenho.

Veja a classificação, a tabela de jogos, a artilharia e as notícias do Campeonato Brasileiro

"Ouvi muita conversa fiada e isso deixa a gente triste. Mas a diretoria, os meus companheiros e a comissão técnica sempre acreditaram em mim. Todo mundo meu deu força e sigo trabalhando. Sei que no futebol é assim: a gente só consegue as coisas trabalhando", concluiu.

Leia tudo sobre: SantosLéobrasileirãoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas