Serginho subiu com Red Bull Brasil e Oeste, e agora tem chance de devolver o time paulista à elite do futebol brasileiro em 2014

Serginho, meia do Palmeiras
ALE CABRAL/Gazeta Press
Serginho, meia do Palmeiras

Serginho tem apenas 22 anos, mas há três vive colecionando acessos pelos clubes pelos quais tem passado. Neste ano, pelo Palmeiras , o meia pode subir de divisão pela quarta vez consecutiva desde que foi promovido ao futebol profissional. Desta vez, vale o retorno à Serie A do Campeonato Brasileiro.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

Revelado pelo Santos e campeão paulista em 2010, o meia desde então não parou de "subir". O primeiro acesso foi conquistado quando ele jogava pelo Red Bull Brasil e faturou a taça do Campeonato Paulista da Série A3, garantindo assim lugar na segunda divisão do Estadual. Em seguida, se transferiu para o Oeste e lá chamou atenção do Palmeiras.

Veja fotos da campanha do Palmeiras na Série B de 2013:

Serginho chegou ao clube do interior em 2011 e permaneceu por lá até abril deste ano, quando foi emprestado ao Palmeiras. Em Itápolis, conquistou o acesso à Série D, com a classificação às quartas do Paulistão, Série C, em 2011, e Série B no ano passado. Ao total, foram 64 partidas pelo Oeste e 22 gols marcados.

Agora, o jogador só pensa em recolocar o Palmeiras de volta à elite do futebol brasileiro e renovar o contrato, que se encerra em 31 de maio de 2014.

Serginho responde Luis Fabiano: 'Se estivesse na Série B, não reclamaria'

"Conquistei o acesso à Série D, em seguida para a Série C, e agora seria a Série B. Ano que vem seria bom, seria o quarto seguido. Nunca sonhei ter essa progressão, o pensamento é positivo. Espero renovar com o Palmeiras, para participar de centenário, estádio novo. É o que sempre quis na minha vida, fazer história em time grande, vai ser muito bom", disse o palmeirense.

Serginho não é titular com o técnico Gilson Kleina, mas neste sábado, diante do ABC, pode ter oportunidade. Com as ausências de Henrique, Valdivia e Leandro, suspensos, o meia quer mostrar serviço ao comandante. E está perto de carimbar mais um acesso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.